Banca de QUALIFICAÇÃO: CYNTHIA GABRIELLA CUNHA DA SILVA SOARES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CYNTHIA GABRIELLA CUNHA DA SILVA SOARES
DATA: 07/03/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Seminários de Estatística
TÍTULO:

Análise do material particulado atmosférico do vale do açu/rn


PALAVRAS-CHAVES:

Poluição do Ar; queima de biomassa, Atmosfera, material particulado, Química.


PÁGINAS: 51
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Geociências
SUBÁREA: Meteorologia
ESPECIALIDADE: Química da Atmosfera
RESUMO:

Para compreender os processos de emissão, transformação e contaminação da atmosfera é importante monitorá-la buscando identificar e quantificar as diferentes espécies químicas presentes, principalmente em áreas influenciadas pela ação do homem, através das atividades industriais, transporte e geração de energia. Estes setores geram emissões massivas de gases e material particulado para a atmosfera. Este trabalho tem como objetivo caracterizar o material particulado suspenso no ar em um local do Vale do Açu exposto às emissões de queima de biomassa, onde deverá ser quantificado o Material particulado através de análise gravimétrica, o Black Carbon por análise de refletância, a composição química através da técnica de fluorescência de Raios-X e a análise morfológica pela Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) equipada com detectores de Energia Dispersiva de Raios-X (EDX). O vale do Açu está localizado na mesorregião do oeste potiguar, possui sua economia voltada para agricultura (fruticultura para exportação), pecuária e principalmente indústrias ceramistas e petrolíferas. A coleta das amostras será realizada no Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia do Rio Grande do Norte, campus Ipanguaçu, por um período de três meses. Para a coleta será utilizado um amostrador de particulado fino e grosso (HANDI-VOL), as coletas serão realizadas de acordo com as Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), descrita para o Amostrador de Grande Volume (AGV) para Partículas Totais em Suspensão (PTS), NBR 9547. Posteriormente será realizada a análise por gravimetria onde se pode calcular a concentração desse material através da diferença entre a massa do filtro antes e após a coleta. Este trabalho é um projeto em conjunto com o Grupo de Pesquisa de Modelagem e Observação Química da atmosfera (GP-MOQA/UFRN) e o IFRN. Com este trabalho espera-se resultados de determinação da concentração das partículas totais em suspensão na atmosfera da região, bem como, a sua composição química e concentração de Black Carbon. Espera-se ainda identificar a morfologia das partículas, buscando relaciona-las com as atividades da indústria de cerâmica, principal fonte de emissão de Material Particulado atmosférico, do Vale do Açu. 

Para compreender os processos de emissão, transformação e contaminação da atmosfera é importante monitorá-la buscando identificar e quantificar as diferentes espécies químicas presentes, principalmente em áreas influenciadas pela ação do homem, através das atividades industriais, transporte e geração de energia. Estes setores geram emissões massivas de gases e material particulado para a atmosfera. Este trabalho tem como objetivo caracterizar o material particulado suspenso no ar em um local do Vale do Açu exposto às emissões de queima de biomassa, onde deverá ser quantificado o Material particulado através de análise gravimétrica, o Black Carbon por análise de refletância, a composição química através da técnica de fluorescência de Raios-X e a análise morfológica pela Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) equipada com detectores de Energia Dispersiva de Raios-X (EDX). O vale do Açu está localizado na mesorregião do oeste potiguar, possui sua economia voltada para agricultura (fruticultura para exportação), pecuária e principalmente indústrias ceramistas e petrolíferas. A coleta das amostras será realizada no Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia do Rio Grande do Norte, campus Ipanguaçu, por um período de três meses. Para a coleta será utilizado um amostrador de particulado fino e grosso (HANDI-VOL), as coletas serão realizadas de acordo com as Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), descrita para o Amostrador de Grande Volume (AGV) para Partículas Totais em Suspensão (PTS), NBR 9547. Posteriormente será realizada a análise por gravimetria onde se pode calcular a concentração desse material através da diferença entre a massa do filtro antes e após a coleta. Este trabalho é um projeto em conjunto com o Grupo de Pesquisa de Modelagem e Observação Química da atmosfera (GP-MOQA/UFRN) e o IFRN. Com este trabalho espera-se resultados de determinação da concentração das partículas totais em suspensão na atmosfera da região, bem como, a sua composição química e concentração de Black Carbon. Espera-se ainda identificar a morfologia das partículas, buscando relaciona-las com as atividades da indústria de cerâmica, principal fonte de emissão de Material Particulado atmosférico, do Vale do Açu. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1879213 - JUDITH JOHANNA HOELZEMANN
Interno - 350691 - MARIA HELENA CONSTANTINO SPYRIDES
Externo à Instituição - DIOGO PEREIRA BEZERRA - IFRN
Externo à Instituição - GLAUBER JOSE TUROLLA FERNANDES - CTGás
Externo à Instituição - JEAN LEITE TAVARES - IFRN
Notícia cadastrada em: 23/02/2016 11:18
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao