Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIANA OLIVEIRA CEDRAZ

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANA OLIVEIRA CEDRAZ
DATA: 19/02/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Seminários da Estatística
TÍTULO:

Concentração do PM10: Comparativo de três regiões do Rio de Janeiro


PALAVRAS-CHAVES:

Material Particulado; Poluição; Rio de Janeiro; Imputação, Séries Temporais.


PÁGINAS: 30
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Geociências
SUBÁREA: Meteorologia
ESPECIALIDADE: Química da Atmosfera
RESUMO:

RESUMO

 

            O estudo da poluição atmosférica está se tornando cada vez mais comum, pois esta causa impactos tanto a níveis de clima e ambiente quanto na saúde humana. A poluição é o resultado da contaminação por gases e partículas sólidas e líquidas suspensas na atmosfera. O efeito causado pode ser imediato ou a médio/longo prazo, uma vez que a poluição presente na atmosfera pode ser de difícil dispersão. O material particulado é o poluente que apresenta maior perigo, pois se agrega a outros poluentes e pode tornar-se ainda mais nocivo. O objetivo deste estudo é analisar e comparar a concentração do PM10 em três regiões do Rio de Janeiro, verificando se o tipo de atividade desenvolvida (urbana, rural ou industrial) exerce influência na poluição. Além disso, o objetivo é verificar quais são os principais fatores que contribuem para o aumento dessa concentração e avaliar se a qualidade do ar respeita as normas estabelecidas pelo CONAMA. Para o estudo em questão, os dados do PM10, de 1998 a 2013, das regiões do estado do Rio de Janeiro com características totalmente diferentes foram fornecidos pelo Instituto Estadual do Ambiente (INEA-RJ), sendo a região de Seropédica de característica rural, a Cidade de Deus uma região urbana e a região de Duque de Caxias, caracterizada como industrial. A análise envolverá técnicas de imputação de dados, bem como a análise de séries temporais. Como resultados iniciais destaca-se a diferença entre médias das regiões, sendo a área com característica rural, Seropédica, com menor concentração de PM10, tendo média de 33,2 µg/m3, enquanto que as regiões de Cidade de Deus tem média superior a 90 µg/m3. Ao realizar análises mensais, o padrão estabelecido pelo CONAMA é desrespeitado diversas vezes nas regiões urbana e industrial, ao contrário da região rural, o que nos indica preliminarmente que o tipo de atividade desenvolvida na região influencia na concentração do PM10. Espera-se que este estudo possa servir de base para a elaboração de políticas públicas, proporcione conhecimento e conscientização da população quanto a importância da redução da emissão de poluentes.  


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 350691 - MARIA HELENA CONSTANTINO SPYRIDES
Interno - 1808127 - JOSE HENRIQUE FERNANDEZ
Interno - 1879213 - JUDITH JOHANNA HOELZEMANN
Interno - 1346630 - LARA DE MELO BARBOSA ANDRADE
Notícia cadastrada em: 11/02/2016 10:21
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao