Banca de DEFESA: PRISCILLA TELES DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PRISCILLA TELES DE OLIVEIRA
DATA: 16/04/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

Estudo Estatístico Sobre Eventos de Precipitação Intensa no Nordeste do Brasil


PALAVRAS-CHAVES:

eventos extremos, climatologia, análise de cluster, Mann Kendall.


PÁGINAS: 102
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Geociências
SUBÁREA: Meteorologia
ESPECIALIDADE: Climatologia
RESUMO:

O Nordeste do Brasil (NEB) apresenta alta variabilidade no clima, abrangendo desde
regiões  semi-áridas  até  regiões  com  alto  índice pluviométrico.  Segundo  o  último  relatório  do
Intergovernmental  Panel  on  Climate  Change,  o  NEB  é  uma região  altamente  susceptível  às
mudanças  climáticas,  além  de  ser  uma  região  sujeita  à ocorrência  de  eventos  de  precipitação
intensa (EPI); contudo, ainda existem poucos estudos sobre a climatologia destes episódios  na
região. Neste sentido, o objetivo  principal da pesquisa é determinar  a climatologia e tendência
dos  EPI  sobre  o  NEB  e  suas  sub-regiões  climatologicamente homogêneas,  comparando  seu
comportamento com a climatologia e tendência dos eventos de precipitação fraca e dos eventos
de  precipitação  normal.  Para  tanto,  foram  utilizados  os dados  diários  de  precipitação  da  rede
hidrometeorológica gerenciada pela Agência Nacional de Águas, para o período de 1972 a 2002.
Por intermédio da técnica dos quantis foram definidos os eventos de precipitação e sua confiança
estatística foi analisada através do teste de Mann Kendall. As sub-regiões foram obtidas por meio
da análise  de cluster, utilizando  como medida de similaridade a distância euclidiana e o  método
hierárquico  aglomerativo  de  Ward.  Os  resultados  mostraram que  a  sazonalidade  do  NEB  está
sendo intensificada, ou seja, a estação seca está se tornando mais seca e estação chuvosa ficando
mais chuvosa. Os fenômenos El Niño e La Niña influenciam mais em relação à quantidade de
eventos  do  que  em  relação  à  intensidade,  mas  nas sub-regiões  esta  influência  é  menos
perceptível.  Utilizando dados  diários  das  reanálises do ERA-Interim,  campos das anomalias dos
compostos  de  variáveis  meteorológicas  foram  calculados  para o  litoral  do  NEB,  para
caracterização do ambiente sinótico. Foram  identificados  os Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis
e  a  Zona  de  Convergência  do  Atlântico  Sul  como  os principais  sistemas  meteorológicos
responsáveis pela formação dos EPI no litoral.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1752417 - CLAUDIO MOISES SANTOS E SILVA
Interno - 1858120 - DAVID MENDES
Externo à Instituição - IRACEMA FONSECA DE ALBUQUERQUE CAVALCANTI - INPE
Interno - 1914304 - KELLEN CARLA LIMA
Interno - 320597 - PAULO SERGIO LUCIO
Externo à Instituição - SAMIA REGINA GARCIA CALHEIROS - UNIFEI - UNI
Notícia cadastrada em: 15/04/2014 12:01
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao