Banca de DEFESA: CAMILA PRISCILA LOPES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAMILA PRISCILA LOPES
DATA : 09/10/2018
HORA: 10:20
LOCAL: Sala 03 - DECOM
TÍTULO:

RISCO E VISIBILIDADE: A PRÁTICA DA SELFIE DE RISCO E A FORMAÇÃO DE SUBJETIVIDADES NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA


PALAVRAS-CHAVES:

PALAVRAS-CHAVE: Visibilidade. Selfie de risco. Subjetividades e Sociabilidades.


PÁGINAS: 76
RESUMO:

RESUMO

 

 Os dispositivos móveis de interação e as conexões por eles estabelecidas e sustentadas, constituem consideráveis elementos quando tratamos das mudanças na visibilidade e em seus regimes (BRUNO, 2013). Certamente, o acesso a esses dispositivos conectados, junto a capacidade de produzir e partilhar conteúdos simbólicos, são imprescindíveis para o surgimento da sociedade da autopromoção (THOMPSON, 2008) que vivenciamos nos dias de hoje, na qual, práticas de exibição de si tornaram-se frequentes, gerando uma profusão de imagens que invadem as ferramentas de tela quase que ininterruptamente. Dentre as variadas modalidades de representação de si na internet, destacamos nesta dissertação a prática da selfie de risco. Através da pesquisa bibliográfica e com o auxílio da etnografia virtual, buscaremos esclarecimentos que o tocam a questão: quais implicações são geradas no processo de formação de subjetividades e sociabilidades a partir da prática da selfie de risco? Com base nesse questionamento, a pesquisa visa compreender de que forma as subjetividades estão associadas aos dispositivos de visibilidade, bem como, quais reconfigurações a prática da selfie de risco pode vir a ocasionar no desenvolvimento das sociabilidades contemporâneas.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2179219 - MARIA DAS GRACAS PINTO COELHO
Interno - 2178719 - MARCELO BOLSHAW GOMES
Externo à Instituição - MARCILIA LUZIA GOMES DA COSTA MENDES - UERN
Notícia cadastrada em: 27/09/2018 07:58
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao