Banca de QUALIFICAÇÃO: KLEYTON JORGE CANUTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KLEYTON JORGE CANUTO
DATA : 13/09/2018
HORA: 15:00
LOCAL: Decom - Sala 1
TÍTULO:

O audiovisual paraibano e suas múltiplas identidades: Uma proposta de cartografia espacial, social e midiática


PALAVRAS-CHAVES:

Cartografia e Território; Cidadania Comunicativa; Audiovisual Paraibano


PÁGINAS: 120
RESUMO:

Esta pesquisa realiza uma cartografia do cenário audiovisual paraibano em seus aspectos quantitativos e qualitativos. Quando falamos de cartografar é alargar o que se entende por mapeamento da produção audiovisual da Paraíba. Mapear seria uma contagem e mostrar o que é relevante no território estudado. Nesta pesquisa faremos um registro documental descritivo de todas as ações dentro do território mapeado. Vamos mostrar os aspectos sociais, as influências dos grupos e pontos de contato entre os produtores de audiovisual. O que eles abordam em suas produções, o que aparece nas imagens captadas (as possibilidades das mudanças de paisagem nas produções). A pesquisa analisará o contexto macro e dentro de cada território produtivo buscará os gradientes motivacionais da produção audiovisual. Isso gerará um mapa movente e relevante que orientará as políticas públicas e os futuros produtores audiovisuais da Paraíba e nordeste. Para isso, temos como objetivos: 1) refletir sobre o papel do audiovisual na cidadania comunicativa e cultural; 2) analisar o histórico das políticas públicas municipais, estadual e federal voltadas para o audiovisual no Estado da Paraíba. Vamos construir um mapa da cadeia produtiva; bem como enxergar os processos de midiatização de grupos e entidades da sociedade civil a partir da produção audiovisual. O caminho será a partir da transmetodologia, com aproximações entre a cartografia e a etnografia através da técnica de observação-participante. A pesquisa foi desenvolvida predominantemente a partir da leitura de Milton Santos, Alberto Efendy Maldonado, Graeme Turner, Fernando Trevas Falcone e Wills Leal. Busca-se aqui um distanciamento da perspectiva da produção audiovisual  enquanto indústria cultural de modelo hegemônico de entretenimento. Colocamos foco nas trocas e parcerias na construção de políticas públicas e ações dentro dos festivais para ampliação da produção audiovisual na Paraíba.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1640014 - MARIA ANGELA PAVAN
Interno - 1319361 - JUCIANO DE SOUSA LACERDA
Externo à Instituição - BERTRAND DE SOUZA LIRA - UFPB
Notícia cadastrada em: 02/09/2018 08:53
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao