Banca de QUALIFICAÇÃO: KAMYLA ALVARES PINTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KAMYLA ALVARES PINTO
DATA : 02/10/2017
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório A do CCHLA
TÍTULO:

A DIMENSÃO SIMBÓLICA DO ACONTECIMENTO E OS SENTIDOS

VIVIDOS E REINTERPRETADOS SOBRE “ALCAÇUZ” NOS COMENTÁRIOS DAS

REDES SOCIAIS


PALAVRAS-CHAVES:

Estudos da Mídia. Alcaçuz. Acontecimento. Dimensão simbólica. Sentidos


PÁGINAS: 68
RESUMO:

Propõe-se neste trabalho compreender os sentidos vividos e reinterpretados nos comentários das redes sociais sobre o acontecimento “Alcaçuz”, a rebelião que ocorreu em janeiro de 2017 na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no município de Nísia Floresta, no Rio Grande do Norte. O conceito de acontecimento vem sendo utilizado para se referir aos fatos que irrompem as rotinas dos sujeitos e da sociedade em que se inserem e que provocam algum tipo de ruptura com o ordinário. Esses acontecimentos se tornam cada vez mais complexos em sua dimensão simbólica, quando a mídia e suas lógicas passam a atravessar as de outros domínios, não apenas em virtude do regime de visibilidade que oferecem mas também por se configurarem como um espaço de sociabilidade e de interação. Nesse sentido, elege-se como aporte teórico a abordagem pragmatista do acontecimento (QUÉRÉ, 2012; FRANÇA, 2012b) em diálogo com os conceitos de midiatização e circulação (BRAGA, 2007, 2012). O método empregado é a Análise de Discurso de linha francesa (ORLANDI, 2009; BENETTI, 2016). Foram coletados 25.726 comentários a partir de postagens das páginas da Tribuna do norte e do El País Brasil no Facebook, referentes ao período de 14 a 20 de janeiro de 2017. Para avaliar a adequação desse corpus, realizou-se um estudo-piloto, no qual 1.000 comentários foram analisados. Por meio desse estudo inicial, foram identificadas cinco Formações Discursivas principais – “A que ponto chegamos...”, “Espreme que sai sangue”, “A culpa é dos governantes”, “Os cidadãos de bem que pagam a conta” e “Bandido bom é bandido morto”–, sobre as quais se acredita ser o caminho para a realização de recortes mais específicos tanto no tocante à questão-problema quanto em relação ao material de análise.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1460107 - KENIA BEATRIZ FERREIRA MAIA
Externo ao Programa - 1841870 - LILIAN CARLA MUNEIRO
Interno - 1224876 - LUCIANA MIRANDA COSTA
Notícia cadastrada em: 18/09/2017 15:53
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao