Banca de DEFESA: ANDRÉ LUIZ DOS SANTOS PAIVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANDRÉ LUIZ DOS SANTOS PAIVA
DATA : 18/11/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 05 do LabCom
TÍTULO:

Coragem da verdade e estética da existência em Tatuagem, o filme: uma leitura cínico-queer


PALAVRAS-CHAVES:

Filosofia Cínica; Estudos Queer; Performatividade; Tatuagem, o filme.


PÁGINAS: 101
RESUMO:

Na presente dissertação de mestrado realiza-se a análise de Tatuagem, o filme (Hilton Lacerda, 2013) a partir dos conceitos de coragem da verdade e estética da existência discutidos por Michel Foucault.  Para isso focaliza-se na modalidade cínica da coragem da verdade e nas políticas e estudos queer como ferramentas teóricas de análise, criando um diálogo entre essas duas correntes teóricas do pensamento que, ao encontrarem-se com o filme analisado, exercitam elas mesmo uma forma de parresía no discurso acadêmico. No que tange aos aspectos metodológicos parte-se da perspectiva de análise de discurso foucaultiana, com destaque para o período genealógico desse autor, inserindo nesse processo algumas desobediências epistemológicas a partir dos Estudos Queer. Com foco nas cenas de apresentações do grupo fictício do filme, Chão de Estrelas, a pesquisa analisou a produção das performatividades e dos corpos como expressões da coragem da verdade no discurso fílmico de Tatuagem, concluindo que o discurso do filme institui-se enquanto um contra discurso que se articula com práticas sociais de questionamento das normatividades, subversão das identidades e produção utópica dos corpos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1345775 - MARIA HELENA BRAGA E VAZ DA COSTA
Interno - 1645961 - ALLYSON CARVALHO DE ARAUJO
Externo à Instituição - MARGARETE ALMEIDA NEPOMUCENO - UFPB
Notícia cadastrada em: 21/10/2016 09:30
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao