Banca de DEFESA: CLEBER FEMINA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLEBER FEMINA DA SILVA
DATA: 31/08/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Videoteca da BCZM
TÍTULO:

A DIMENSÃO IDEOLÓGICA DO JORNALISMO E O OUTRO GENERALIZADO: Formação acadêmica e mercado de trabalho na construção profissional do estudante de Jornalismo da UFRN


PALAVRAS-CHAVES:

Jornalismo; Estudantes; Formação Profissional; Ideologia Jornalística; Outro Generalizado; UFRN.


PÁGINAS: 82
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
SUBÁREA: Jornalismo e Editoração
ESPECIALIDADE: Teoria e Ética do Jornalismo
RESUMO:

Há mais de 50 anos o Curso de Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo, da UFRN, tem atraído a aqueles que desejam ingressar nessa profissão, seduzidos por uma imagem do jornalismo repleta de valores democráticos, mitos, símbolos e representações presentes no cotidiano social. Uma pesquisa realizada em 2012 (MAIA; FEMINA, 2012) mostrou, no entanto, que os valores profissionais desses estudantes caminham para uma associação entre jornalismo, entretenimento e comunicação organizacional, refletindo uma confusão entre os campos jornalístico e informacional (MARCONDES FILHO, 2009). Isto posto, este trabalho se propôs a investigar como a dimensão ideológica do jornalismo é percebida pelos estudantes e como as instâncias de formação acadêmica e do mercado de trabalho participam desse processo. Para tal, buscamos apoio no interacionismo simbólico, perspectiva sociológica que permite uma análise da estrutura social a partir de observações das interações dos seus indivíduos. Autores como Becker (1996), Blumer (1980), Mead (2010), Pereira (2003, 2009 e 2011) e Strauss (1999) nos guiaram nessa incursão. Também discutimos a formação da dimensão ideológica do jornalismo com autores como Bourdieu (1997), Fidalgo (2005), Marcondes Filho (2009), Neveu (2006) e Traquina (2005 e 2013). Utilizamos a metodologia do grupo focal para realizar nossa investigação junto aos estudantes de Jornalismo. Ao final, os dados apontam que a dimensão ideológica desta profissão atua na formação identitária como outro generalizado (MEAD, 2010), embora com um amplo espectro de representações pelos quais o self do estudante pode caminhar e permitir estabelecê-lo como sujeito.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1501788 - ALEXSANDRO GALENO ARAUJO DANTAS
Interno - 1645961 - ALLYSON CARVALHO DE ARAUJO
Interno - 1460107 - KENIA BEATRIZ FERREIRA MAIA
Externo à Instituição - FÁBIO HENRIQUE PEREIRA - UnB
Notícia cadastrada em: 27/08/2015 18:17
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao