Banca de DEFESA: ZODINIO LAURISA MONTEIRO SAMPAIO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ZODINIO LAURISA MONTEIRO SAMPAIO
DATA: 11/03/2013
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Aula do PEC - Setor 4, bloco "I", sala 20.
TÍTULO:

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO MECÂNICO DE CONCRETOS PRODUZIDOS COM INCORPORAÇÃO DE CINZA DO BAGAÇO DA CANA-DE-AÇÚCAR DE VARIEDADES SP911049, RB92579 E SP816949



PALAVRAS-CHAVES:

Solo-cimento; Estabilização química de solo; Lodo de esgoto Calcinado.


PÁGINAS: 169
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Civil
SUBÁREA: Construção Civil
ESPECIALIDADE: Materiais e Componentes de Construção
RESUMO:

Nas últimas décadas, notou-se um aumento gradativo de descarte de resíduo, bem como problemas oriundos da escassez de matérias-primas naturais no ramo da construção civil. Esses fatores vêm impulsionando a pesquisa universitária no âmbito de alternativas específicas e estudos sobre o aproveitamento de resíduos industriais como novos materiais, reduzindo o seu impacto ambiental. O concreto é o segundo produto mais consumido do mundo e a incorporação da Cinza do Bagaço da Cana-de-açúcar (CBC) a este material, pode apresentar soluções para o aproveitamento de subprodutos de outros setores, podendo-se obter um produto final com melhor desempenho.

Este trabalho faz um relato acerca da inserção da CBC no concreto, visando à melhoria das suas propriedades mecânicas, como também à destinação adequada do subproduto da indústria sucroalcooleira. Esse estudo justifica-se pela importância de analisar e entender quais são os benefícios ocasionados às propriedades mecânicas dos concretos que são submetidos à inserção da cinza do bagaço da cana-de-açúcar. Outro aspecto se enfatiza no que se refere a estudos feitos a respeito dessa temática, é que ainda não abordam a influência das variedades de cana-de-açúcar utilizadas nessas propriedades. O objetivo geral dessa dissertação concentra-se em analisar o comportamento mecânico dos concretos que sofreram a adição de CBC de três diferentes espécies de cana-de-açúcar, mediante ensaios de consistência, resistência à compressão, porosidade total, absorção, índice de vazios e Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Analisou-se separadamente a influência das variedades de cana-de-açúcar na resistência à compressão em função das idades de 7, 28 e 91 dias dos concretos, bem como a eficiência dessas adições. Foram confeccionados 13 corpos de prova para o concreto padrão e para cada teor de incorporação de CBC (10%, 20% e 30%) das três variedades coletadas, totalizando 130 amostras de concreto.  Foi empregado o traço 1:2:3 (cimento: areia: brita) em relação a massa do cimento e um fator água/cimento de 0,532. Os resultados mostraram que os concretos com adição de CBC, apresentaram uma redução de no mínimo 10% nas propriedades relacionadas a permeabilidade e um incremento na resistência à compressão de no mínimo 16% em relação ao concreto padrão.   De acordo com os resultados obtidos na presente pesquisa, concluiu-se, que a variedade da cana-de-açúcar, utilizada na produção das CBC, influenciou no comportamento mecânico dos concretos resultantes.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1507841 - MARIA DAS VITORIAS VIEIRA DE ALMEIDA
Presidente - 2351540 - PAULO ALYSSON BRILHANTE FAHEINA DE SOUZA
Notícia cadastrada em: 27/02/2013 09:56
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao