Banca de QUALIFICAÇÃO: FELLIPE CESAR ANDRADE COSTA DE MELO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FELLIPE CESAR ANDRADE COSTA DE MELO
DATA: 20/12/2011
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Aula do PEC - Setor 4, bloco "I", sala 20.
TÍTULO:

Análise de argamassas com substituição parcial do cimento Portland por cinza RESIDUAL de lenha de algaroba


PALAVRAS-CHAVES:

 argamassa, algaroba, cinza de lenha, cimento Portland.


PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Civil
SUBÁREA: Construção Civil
ESPECIALIDADE: Materiais e Componentes de Construção
RESUMO:

O cimento Portland é o aglomerante hidráulico mais utilizado pela construção civil, mas o seu consumo representa uma parcela significativa no orçamento final da obra. Além disso, a sua produção possui um alto consumo de energia e matéria-prima, liberando na atmosfera grandes concentrações de dióxido de carbono e promovendo a degradação do meio ambiente. Assim, tornou-se comum a busca por materiais que possam substituí-lo, mesmo que parcialmente, para a confecção de seus derivados, principalmente os resíduos minerais, alimentada pela necessidade crescente de promover a preservação do meio ambiente e pelo fato da construção civil possuir um enorme potencial para absorvê-los. Neste contexto, este trabalho teve como objetivo analisar as propriedades no estado fresco e endurecido de argamassas produzidas com substituição parcial do cimento Portland pela cinza residual de lenha de algaroba (CRLA), resíduo originado dos fornos das olarias do Rio Grande do Norte e largamente produzido. Foram produzidas argamassas com percentuais de 0%, 5%, 7%, 10%, 12% e 15% de CRLA em função da massa do cimento, e para dois traços diferentes, sendo o primeiro 1:3 (cimento : areia fina) aplicado para revestimento, e o segundo 1:2:8 (cimento : cal : areia média) usado para assentamento de alvenaria. A CRLA foi caracterizada, assim como os demais materiais, e sua atividade pozolânica constatou que ela não atua como pozolana. No estado fresco, foi determinada a consistência das argamassas e sua densidade de massa e teor de ar incorporado. No seu estado endurecido, foi constatado as suas resistência à tração na flexão e à compressão, resistência de aderência à tração, densidade de massa aparente, e foi feita a análise microestrutural através de MEV e DRX.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDREZA KELLY COSTA NOBREGA - UFRN
Interno - 2331385 - JAQUELIGIA BRITO DA SILVA
Presidente - 1507841 - MARIA DAS VITORIAS VIEIRA ALMEIDA DE SA
Notícia cadastrada em: 13/12/2011 11:08
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao