Banca de DEFESA: ERIKSON RICARDO MARQUES DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERIKSON RICARDO MARQUES DE OLIVEIRA
DATA: 16/08/2013
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do CT
TÍTULO:

Metodologia de implantação da construção enxuta: Estudo de caso


PALAVRAS-CHAVES:

Construção enxuta, gestão de qualidade, construção civil


PÁGINAS: 170
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Civil
RESUMO:

A construção civil brasileira, nos últimos anos, tem passado por mudanças como estabilidade da moeda, aumento da concorrência, escassez de mão de obra qualificada e aumento da importância da qualidade requerida pelo cliente, que fizeram que as empresas do setor procurassem soluções através de novas práticas de gestão buscando se tornarem mais eficientes. Uma alternativa é conhecida como Construção Enxuta (Lean Construction), que é derivada do Sistema Toyota de Produção. A Construção Enxuta visa reduzir a parcela de atividades que não agregam valor, aumentar o valor do produto através da consideração das necessidades do cliente, reduzir a variabilidade e tempo do ciclo de produção, simplificar o processo através da redução do número de passos ou partes, aumentar a flexibilidade na execução do produto e a transparência do processo, focar o controle no processo global, introduzir melhoria contínua no processo, manter um equilíbrio entre melhorias nos fluxos e nas conversões e ainda buscar aprender com as práticas adotadas pelas empresas concorrentes, contudo à indústria da construção civil é caracterizada por possuir atividade nômade, que empreende produto único, com custo elevado de produção e grande inércia para mudança comportamental, deste modo, torna-se difícil a implantação da filosofia da construção enxuta nas empresas. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi de criar uma metodologia de implantação dos princípios da Construção Enxuta, e ainda de elaborar documentos (procedimentos e formulários) que facilitassem este processo. A metodologia para implantação dos princípios da Construção Enxuta foi concebida utilizando a ferramenta 5W2H, e o processo de implantação foi dividido em quatro etapas, sendo a primeira com a finalidade de conhecer os produtos e/ou serviços gerados pela empresa, de qual o seu público alvo e ainda de entender de uma forma macro como é o funcionamento da organização; a segunda fase consistiu em desenhar a empresa através de organogramas tanto no setor administrativo como produtivo; a meta da terceira etapa foi de estabelecer quais os documentos (procedimentos e formulários) são necessários e de estabelecer as competências de cada colaborador; e a quarta fase foi destinada ao controle dos processos onde através do Planejamento Estratégico seriam definidos os objetivos da empresa com suas respectivas metas e indicadores com a finalidade de manter o sistema funcionando visando a melhoria contínua com foco no cliente. O estudo de caso foi realizado com uma empresa de porte médio com mais de 17 anos de atividade e certificada há quase 10 anos na ISO 9001 e nível A do PBQP-H, sendo realizada uma análise minuciosa nesta empresa com a finalidade de propor melhorias em seus processos, inclusive identificando quais os documentos deveriam ser elaborados com base nos princípios da construção enxuta. Ao longo do trabalho foram criados 10 documentos e modificados outros 19. Ao término deste trabalho a empresa estudo de caso encontrava-se em fase de implantação da presente metodologia.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1507841 - MARIA DAS VITORIAS VIEIRA DE ALMEIDA
Externo ao Programa - 1777131 - MARIANA RODRIGUES DE ALMEIDA
Externo à Instituição - ALESSANDRO LUCAS DA SILVA - UNICAMP
Notícia cadastrada em: 14/08/2013 09:11
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao