22° Revista de Economia Política e História Econômica.

Prezados,

Está disponível a vigésima segunda edição da REPHE que, neste número, trás duas
análises de planos econômicos nacionais: O Plano Trienal: uma Visão Cíclica de
Rubens Augusto de Miranda, e Industriais em Elaboração Intelectual: O I Congresso
Brasileiro de Economia e um retorno à ‘Controvérsia’ do Planejamento, de Arthur de
Aquino, que aborda uma análise do pensamento que se refletiu no projeto político
industrialista nacional.

Esta edição apresenta também dois artigos sobre o desenvolvimento econômico nos
países do sudeste asiático. Aprendizado, Inovação e Catching-up: os Efeitos do
Aprendizado Tecnológico em Empresas Brasileiras e Sul-Coreanas de Yuri Cesar de Lima
e Silva, em coautoria com Maria Lussieu da Silva, analisa o papel do aprendizado
para a inovação e progresso tecnológico de empresas da Coréia do Sul e do Brasil. Já
o segundo artigo, Ha-Joon Chang, o Modelo Econômico Asiático e a Economia Política
Comparada é de autoria de Alexandre Queiroz Guimarães e trata de uma análise das
teorias de Ha-Joon Chang sobre o modelo adotado naqueles países para seu arranque
econômico no cenário internacional.

Em O Papel dos EUA e da URSS na Reconstrução do Estado Alemão na República de
Weimar, Flávio Schluckebier Nogueira discorre sobre a participação dos EUA no
processo de reconstrução do poder econômico alemão, bem como, o papel da URSS no
crescimento do poder militar alemão no período posterior ao final da Primeira Grande
Guerra.

A REPHE 22 se encerra com uma resenha do livro Desenvolvimento Econômico:
controvérsias em torno de um consenso, de Márcio Jorge Porangaba Costa, elaborada
por Luiz Eduardo Simões de Souza.

Notícia cadastrada em: 29/10/2010 12:17
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao