Banca de DEFESA: JULIO CESAR NASCIMENTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JULIO CESAR NASCIMENTO
DATA : 27/07/2018
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório 3 do NEPSA II
TÍTULO:

MOEDA E CENTRO-PERIFERIA NO DÓLAR FLEXÍVEL: O REAL BRASILEIRO NA POSIÇÃO DE MOEDA PERIFÉRICA (2000-2017)


PALAVRAS-CHAVES:

Sistema Monetário Internacional, Dólar Flexível, Centro-periferia, hierarquia de moedas, Brasil.


PÁGINAS: 93
RESUMO:

O trabalho parte da tradição estruturalista latino-americano clássica, particularmente, na relação centro-periferia baseada no progresso técnico. Desta forma, essa teoria deixa uma lacuna para analisar essa relação com base na dimensão monetária internacional. Com as alterações ocorridas no Sistema Monetário Internacional (SMI) com a quebra do regime de Bretton Woods em 1960/1970 abre uma discussão sobre a relevância do SMI atual para uma abordagem a relação centro-periferia. No atual regime monetária internacional denominado de Dólar Flexível, se apresenta como uma dimensão especial para analisar a relação centro-periferia a partir da hierarquia de moedas. Essa hierarquia é baseada pela liquidez das moedas em âmbito internacional e se estrutura a partir do dólar no núcleo do sistema, seguida pelo o euro, entre outras moedas centrais e na base desse sistema estão as moedas periféricas. Essa hierarquia apresenta-se como problemática para os países de moedas periféricas, particularmente, quanto as vulnerabilidades tais como: tendência de instabilidades na taxa de câmbio e taxa de juros, tendência especulativa e de aumento das reservas internacionais. Nesse sentido, o trabalho apresenta um estudo de caso para o Brasil durante o período 2000-2017. A metodologia utilizada é descritiva e explicativa de natureza quali-quantitativa com base de dados do Banco Central do Brasil (BACEN). Conclui-se que, o Brasil durante o período de análise teve tendência de instabilidades intensas na taxa de câmbio e taxa de juros básica (SELIC), aumento das reservas internacionais e uma tendência de aumento nas aplicações do investimento em carteira.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1205069 - WILLIAM EUFRASIO NUNES PEREIRA
Externo ao Programa - 2177279 - DENILSON DA SILVA ARAUJO
Externo à Instituição - RICARDO SCHMIDT FILHO - UFCG
Notícia cadastrada em: 11/07/2018 10:50
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao