Banca de DEFESA: JESSÉ GOMES FERREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JESSÉ GOMES FERREIRA
DATA: 02/02/2015
HORA: 15:00
LOCAL: NEPSA
TÍTULO:

RELEITURAS DE CELSO FURTADO: BRASIL (2001-2012)


PALAVRAS-CHAVES:

Celso Furtado, Desenvolvimento, Subdesenvolvimento, Brasil.


PÁGINAS: 98
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Economia
RESUMO:

Em busca de explicar as causas que conduzem ao desenvolvimento e no intento de compreendê-lo, alguns economistas se organizaram em torno de ideias centrais, culminando, pois, na elaboração de teorias econômicas.  O conhecimento acumulado ao longo dos trabalhos desenvolvidos por estes estudiosos vai contribuir de maneira significativa na formação do pensamento de Celso Monteiro Furtado. Furtado desenvolveu inúmeros trabalhos tentando compreender a dinâmica das estruturas subdesenvolvidas, quais as suas características elementares e quais os principais fatores responsáveis pela perpetuação do status quo dessas estruturas. Partindo do questionamento “O que permanece de características de subdesenvolvimento no Brasil à luz do pensamento de Celso Furtado?”, o presente trabalho se norteia pela hipótese de que o Brasil não sofreu entre os anos 2001 e 2012, mudanças estruturais significativas a ponto de poder classifica-lo como um país desenvolvido. Tem-se para o presente trabalho como objetivo geral, analisar os elementos de subdesenvolvimento que perduram no Brasil à luz do pensamento de Furtado. E como específicos, caracterizar o desenvolvimento econômico, a partir do estudo das escolas clássica, marxista, neoclássica, kaleckiana, keynesiana e cepalina do pensamento econômico; descrever o subdesenvolvimento econômico à luz das ideias de Celso Furtado; e, por fim, avaliar a partir da epistemologia particular do pensamento de Furtado a realidade socioeconômica brasileira, com ênfase na análise dos elementos de subdesenvolvimento. Foi possível constatar que ainda que tenham ocorrido importantes avanços em alguns setores, o país mantém uma significativa heterogeneidade estrutural. Daí a relevância da contribuição de Furtado para entender o subdesenvolvimento econômico, pois, ele ainda é uma constante em nossa realidade. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FRANCISCO DO O'''''''''''''''' DE LIMA JÚNIOR - URCA
Externo ao Programa - 6347581 - MARIA DO LIVRAMENTO MIRANDA CLEMENTINO
Presidente - 1205069 - WILLIAM EUFRASIO NUNES PEREIRA
Notícia cadastrada em: 22/01/2015 08:51
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa15-producao.info.ufrn.br.sigaa15-producao