Banca de QUALIFICAÇÃO: ANDRÉA DE CARVALHO GOMES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDRÉA DE CARVALHO GOMES
DATA: 30/09/2011
HORA: 14:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA
TÍTULO:

EFEITOS DE UM PROGRAMA DE EXERCÍCIOS DE PILATES EM SOLO NA FLEXIBILIDADE, NO DESEMPENHO MUSCULAR E NO EQUILÍBRIO CORPORAL DE IDOSAS: ENSAIO CLÍNICO CONTROLADO RANDOMIZADO


PALAVRAS-CHAVES:

Envelhecimento; Flexibilidade; Desempenho Muscular; Equilíbrio; Exercício Físico; Método Pilates.


PÁGINAS: 28
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

O envelhecimento populacional é um fenômeno mundial e no Brasil ele vem ocorrendo forma mais rápida e explosiva que nos países desenvolvidos. O processo de envelhecimento gera declínio nos sistemas sensoriais e motor, bem como na integração das informações, diminuindo a habilidade de manutenção do equilíbrio e orientação corporais e sendo identificado como maior fator que contribui para a queda nos idosos. A queda não gera apenas prejuízos físicos e psicológicos, mas também aumento com os gastos em saúde, expresso pela utilização de vários serviços especializados e pelo aumento das hospitalizações. A prática regular de exercício físico pode melhorar o funcionamento dos diversos sistemas corporais, minimizando o risco de quedas. Desta forma, o objetivo desta pesquisa foi verificar se um programa de exercícios de Pilates realizado em solo tem efeitos na flexibilidade, no desempenho muscular e no equilíbrio corporal de idosas. Para tal, foram avaliadas 31 idosas com idades de 65 a 80 anos, matriculadas na Universidade Aberta para a Terceira Idade (UNATI) da Universidade Potiguar (UnP) na cidade de Natal - RN. A avaliação foi realizada em duas etapas. A primeira, que ocorreu na UnATI, foi composta por: dados de identificação e sócio-demográficos; Mini Exame do Estado Mental (MEEM); Escala de Equilíbrio de Berg (EEB); Timed Up and Go Test (TUGT); Escala de Eficácia de Quedas Internacional versão Brasil (FES-I Brasil) e histórico de quedas. Já a segunda etapa, realizada no Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), constou do Balance Master System® e da dinamometria isocinética com o Biodex System®. Depois da segunda etapa da avaliação, as idosas foram alocadas aleatoriamente em dois grupos: Grupo Controle (GC) com 15 idosas, e Experimental (GE) com 16 idosas. O GC recebeu orientações através de cartilhas educativas e o GE, além das orientações, foi submetido a um programa de exercícios Pilates em solo. O programa foi realizado com subgrupos de três idosas por aproximadamente uma hora, duas vezes na semana durante três meses. Após os meses de treinamento, todas as idosas foram reavaliadas, a fim de realizar um estudo comparativo dos resultados.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1460020 - ALVARO CAMPOS CAVALCANTI MACIEL
Presidente - 350637 - RICARDO OLIVEIRA GUERRA
Externo ao Programa - 2566849 - WOUBER HERICKSON DE BRITO VIEIRA
Notícia cadastrada em: 28/09/2011 16:41
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa27-producao.info.ufrn.br.sigaa27-producao