PPGFST PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Telefone/Ramal: (84) 3342-2002 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgfst

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOUBERT VITOR DE SOUTO BARBOSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOUBERT VITOR DE SOUTO BARBOSA
DATA : 29/09/2022
HORA: 09:00
LOCAL: VIDEOCONFERÊNCIA
TÍTULO:

VALIDAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE MEDIDA DO CONTROLE CLÍNICO QUE COMPÕEM O SISTEMA ELETRÔNICO PARA A AVALIAÇÃO, SUPORTE E MONITORAMENTO DA ASMA EM ADULTOS (e-ASMA)


PALAVRAS-CHAVES:

Asma; Inquéritos e Questionários; Psicometria; Adultos.


PÁGINAS: 56
RESUMO:

INTRODUÇÃO: A asma é considerada uma das doenças mais comuns em todo o mundo. Cerca de 1-18% da população mundial sofre com a asma crônica, influenciando negativamente na qualidade de vida dos pacientes e de seus cuidadores. Por ser considerada um problema de saúde pública, o tratamento da asma necessita de uma abordagem multidimensional, incluindo, além das medicações, estratégias que possibilitem o manejo e o controle da doença. Uma avaliação adequada, associada a um monitoramento diário dos sintomas da doença, podem ser grandes aliados não somente no seu controle mas sim, no manejo clínico e tratamento da asma. Embora existam questionários para avaliar o controle da asma no Brasil, oriundos da validação de versões desenvolvidas para outros países, ainda nota-se algumas limitações por parte destes questionários, especialmente quanto a sua forma estrutural, o que limita uma aplicação simples e precisa, além de dificultar a sua inserção em qualquer ambiente ou contexto de atenção à saúde, especialmente no Sistema Único de Saúde (SUS). OBJETIVO: Validar para a população adulta os instrumentos de medida de avaliação do controle da asma (qASMA e dASMA) que compõem o sistema eletrônico para Avaliação Suporte e Monitoramento da Asma (e-ASMA). MÉTODOS: O presente estudo está vinculado ao projeto “Desenvolvimento e validação de um sistema eletrônico para Avaliação, Suporte e Monitoramento da Asma (e-ASMA)” aprovado na Chamada CNPq/MCTI/FNDCT Nº 18/2021 – UNIVERSAL visando apoiar o desenvolvimento científico, tecnológico e a inovação do país. Este segue as recomendações internacionais do Consensus-based Standards for the selection of health Measurement Instruments (COSMIN) e compreende 2 fases: (1) adaptação do qASMA e dASMA para a população adulta e (2) a validação da versão adulto dos instrumentos. A adaptação inicial do questionário e diário partirá das suas respectivas versões desenvolvidas para adolescentes brasileiros e partirá de reuniões de consenso com os pesquisadores envolvidos no estudo. A validação das versões para adultos do qASMA e dASMA seguirá as seguintes fases: Adaptação dos itens; julgamento dos itens por um painel de especialistas, uma etapa de pré-teste, a partir de uma entrevista de profundidade com 30 adultos com asma, e o teste-reteste. A confiabilidade será estimada por meio do coeficiente alfa de Cronbach (utilizado para mensurar a consistência interna) e pelo coeficiente de correlação intraclasse – ICC (utilizado para mensurar a estabilidade das medidas obtidas no teste-reteste). Serão testadas as validades convergente, divergente e de construto, esta última por meio da Análise Fatorial Confirmatória. O efeito chão teto também será estimado. RESULTADOS ESPERADOS: Espera-se que a adaptação do sistema e-ASMA para a população adulta possa oferecer uma maior acessibilidade na forma de avaliação do controle da asma em adultos, favorecendo uma diminuição dos possíveis riscos quanto a abordagem do tratamento, um maior controle clínico bem como o manejo da asma para esta população. Além de auxiliar no gerenciamento da saúde pública no Brasil, por meio da sua inserção no Sistema Único de Saúde (SUS). Espera-se também que a adaptação do sistema e-ASMA para a população adulta possa impactar positivamente na tomada de decisão clínica de profissionais de saúde, favorecendo a busca de estratégias que atuem de forma direta o monitoramento e o gerenciamento do controle da asma, além de auxiliar profissionais e pesquisadores da área a utilizar um sistema prático, válido e confiável, especialmente para a população brasileira.



MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - TATIANNE MOURA ESTRELA GUSMÃO - UNIFACISA
Presidente - 2291421 - KARLA MORGANNA PEREIRA PINTO DE MENDONCA
Externa ao Programa - 2966742 - KAROLINNE SOUZA MONTEIRO - null
Notícia cadastrada em: 02/09/2022 13:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao