Banca de DEFESA: ISABELLY CRISTINA RODRIGUES REGALADO MOURA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ISABELLY CRISTINA RODRIGUES REGALADO MOURA
DATA : 07/05/2021
HORA: 08:30
LOCAL: REMOTO
TÍTULO:

 

IMPLEMENTAÇÃO DO DOMÍNIO PARTICIPAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DA FUNCIONALIDADE, INCAPACIDADE E SAÚDE NA PRÁTICA CLÍNICA DE FISIOTERAPEUTAS ESPECIALIZADOS EM SAÚDE DA CRIANÇA: uma abordagem baseada na Tradução do Conhecimento



PALAVRAS-CHAVES:

 

Tradução do Conhecimento; Propensão a mudança; Classificação Internacional da Funcionalidade; Incapacidade e Saúde; Participação; Reabilitação infantil; Crianças com deficiência.



PÁGINAS: 192
RESUMO:

 

Introdução: O domínio Participação da CIF é definido como o envolvimento em situações de vida e é considerada um direito humano. Envolve elementos relacionados a frequência ou diversidade de participação, envolvimento, e preferências das crianças. Esses elementos funcionam como indicadores críticos de qualidade de vida para crianças com deficiência mas são pouco utilizados na prática clínica de profissionais da reabilitação. Pensando em ampliar o olhar para os aspectos relacionados a participação surge a necessidade de identificar as barreiras e facilitadores para a implementação, em seguida desenvolver uma estratégia de intervenção através de Knowledge Translation (KT) para capacitar profissionais da reabilitação. Justificativa: A implementação do domínio Participação da CIF fornecerá a identificação de barreiras e facilitadores para a implementação e do nível de propensão a mudança dos profissionais da reabilitação, estimulando a modificação na dinâmica terapêuticas dos profissionais e melhor atendimento as famílias e crianças com deficiência motora. Metodologia: Durante este estudo com abordagem mixed methods, 27 fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais participaram de seis sessões de aprendizagem facilitadas por um corretor de conhecimento. Antes da intervenção os profissionais foram entrevistados através de grupos focais e pela ferramenta Organizational Funcioning and Readness for Change (ORC) para análise do nível de propensão para a mudança. Após a intervenção, os profissionais foram entrevistados novamente através de grupos focais, para avaliar a possível mudança na prática. Dois pesquisadores realizaram independentemente a análise temática dos dados. O design do estudo combina elementos de um ensaio pragmático e modelo mixed-methods. Resultados: Através dos grupos focais e análise quantitativa da ferramenta ORC foi possível identificar as barreiras e facilitadores individuais e organizacionais para a implementação e o nível de propensão a mudança após a capacitação com estratégias de KT. Antes da capacitação os profissionais demonstraram ter bom conhecimento da CIF mas apresentaram baixos índices de utilização da classificação na prática clínica. Entre as barreiras individuais e organizacionais que poderiam dificultar a implementação do domínio participação foram identificadas as crenças negativas da família e contexto, dificuldade de ampliar o olhar, e barreiras do serviço. Como facilitadores para a implementação foram citados a padronização das ações, trabalho em equipe e estímulo do uso da CIF por outras categorias. Após a capacitação os profissionais demonstraram um aumento nos níveis de propensão a mudança, e satisfação com o treinamento, inserindo na prática clínica o domínio participação da CIF. Durante a implementação os profissionais enfrentaram barreiras de tempo, rotina e sobrecarga de trabalho; e facilitadores relacionados ao bom treinamento da equipe e valorização pessoal. Conclusão: Esta estratégia foi eficaz em redirecionar o olhar de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais para a noção de participação em atividades de lazer de crianças com deficiência e estabelecer prontidão para a mudança. Essa mudança pode potencialmente facilitar novas implementações baseadas na participação.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - HÉRCULES RIBEIRO LEITE - UFMG
Externa à Instituição - ANA CAROLINA DE CAMPOS - UFSCAR
Presidente - 2179208 - ANA RAQUEL RODRIGUES LINDQUIST
Externo à Instituição - DENISE KEIKO SHIKAKO THOMAS - MCGILL
Externa ao Programa - 2218795 - EGMAR LONGO HULL
Notícia cadastrada em: 27/04/2021 10:26
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao