Banca de QUALIFICAÇÃO: JORGE LUIZ DANTAS DE MEDEIROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JORGE LUIZ DANTAS DE MEDEIROS
DATA : 31/03/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Vídeo Conferência
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DO SISTEMA RESPIRATORIO DURANTE TESTE DE FADIGA E ESTRESSE
OXIDATIVO EM INDivfDUOS COM LIPODISTROFIA GENERALIZADA CONGENITA


PALAVRAS-CHAVES:

FADIGA; SISTEMA RESPIRATÓRIO; E LIPODISTROFIA GENERALIZADA CONGÊNITA

 


PÁGINAS: 32
RESUMO:


INTRODUÇÃO: A lipodistrofia generalizada congênita (LGC) ou Síndrome
de Berardinelli-Seip é uma síndrome genética autossômica recessiva, de caráter consanguíneo,
ultrarrara, caracterizada pela ausência de tecido adiposo, relatada primeiramente no Brasil em
1954. No estado do Rio Grande do Norte, região nordeste do Brasil, nota-se uma alta prevalência da
síndrome, sendo as infecções pulmonares a principal causa de morte desses pacientes. A literatura
publicada previamente demonstra que o sistema respiratório poderia ser impactado pela doença,
entretanto nenhum aspecto do sistema respiratório foi sistematicamente estudado. OBJETIVOS: Avaliar
as potenciais modificações do sistema respiratório em sujeitos com LGC e um grupo saudáveis durante
teste de fadiga de músculos inspiratórios. METODOLOGIA: A pesquisa trata-se de um estudo do tipo
crossover com abordagem quantitativa, em que serão estudados indivíduos com LGC e saudáveis de
ambos os gêneros. Foi feito um estudo piloto com dois sujeitos saudáveis para testar a
viabilidade do protocolo do teste de fadiga respiratória. Os sujeitos foram submetidos inicialmente
a prova de função pulmonar e avaliação da força dos músculos respiratórios. Em seguida foram
realizadas 10 manobras de pressão inspiratória nasal (SNIP) pré realização do teste, seguido pelo
teste de endurance e 10 manobras SNIP pós. O teste de endurance foi realizado com válvula de
carga linear pressórica a 80% da pressão inspiratória máxima (PIMáx). Durante o protocolo o sujeito
era monitorado pela pletismografia optoeletrOnica, eletromiografia de superfície e pela
espectroscopia no infravermelho próximo (NIRS) para avaliação da oxigenação tecidual do músculo
estemocleidomastoideo. A partir das manobras de SNIP foram extraídas as variáveis relacionadas
às propriedades de relaxamento e contração dos músculos respiratórios. Os dados foram analisados em
mediana e intervalo interquartil (25%-75%) RESULTADOS: Participaram do estudo um total de 2
sujeitos, sendo 1homem e uma mulher, com idade de 24,5 (24-26,5) anos, IMC 23,55kg/m2
(21,85-25,26). Observou-se uma diminuição do pico de pressão das manobras de SNIP pós em relação a
manobra
pré em ambos os sujeitos. A taxa máxima de relaxamento (MRR) diminuiu nas 2
primeiras manobras de SNIP pós, voltando a valores basais a partir da terceira. A taxa máxima de
desenvolvimento de pressão (MRPD) diminuiu em todas as manobras pós em relação ao pré. Em relação à
velocidade de encurtamento dos músculos inspiratórios globais (/NCWm), houve um aumento da
velocidade pós­ teste em relação ao pré-teste. A ativação dos músculos respiratórios (RMS) foi
calculada em porcentagem com relação ao SNIP pré e observou-se uma diminuição nas manobras pós em
todos os músculos estudados, bem como houve queda linear da frequência mediana durante a realização
do teste de fadiga. O tempo de duração dos testes foi dividido em intervalos (20%,40%,
60%,80%,100%) para análise das variáveis de oxigenação tecidual. Houve um aumento da concentração
de hemoglobina oxigenada (H02B), hemoglobina deoxigenada (HHB) e hemoglobina total (THB) em todas
as porcentagens de duração do teste, sendo esse aumento mais evidenciado no último intervalo do
teste (100%).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1545315 - GUILHERME AUGUSTO DE FREITAS FREGONEZI
Externa ao Programa - 2646588 - JOCELINE CASSIA FEREZINI DE SA
Externa à Instituição - JULLIANE TAMARA ARAUJO DE MELO CAMPOS
Notícia cadastrada em: 05/03/2021 15:44
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao