Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIANA CARMEM APOLINÁRIO VIEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIANA CARMEM APOLINÁRIO VIEIRA
DATA : 23/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO DEPTO DE FISIOTERAPIA
TÍTULO:

RELAÇÃO ENTRE HISTÓRIA REPRODUTIVA E RISCO CARDIOVASCULAR EM MULHERES DE MEIA-IDADE E IDOSAS DO NORDESTE BRASILEIRO: UM ESTUDO TRANSVERSAL

 


PALAVRAS-CHAVES:

Doenças cardiovasculares, paridade, envelhecimento.


PÁGINAS: 23
RESUMO:

Objetivo: Verificar a relação entre variáveis da história reprodutiva e o risco cardiovascular em mulheres de meia-idade e idosas do Nordeste brasileiro. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal realizado com 623 mulheres, entre 40 e 80 anos de idade. As variáveis de história reprodutiva (idade da menarca, idade materna no primeiro filho, paridade e situação menopausal) foram coletadas por meio do autorrelato. O risco cardiovascular foi analisado por meio do Escore de Framingham. Foram realizadas análises de regressão linear múltipla entre as variáveis que apresentaram p < 0,20 na análise bivariada e o Escore de Framingham. Resultados: Foram avaliadas 623 mulheres, com média de idade de 53,4 (9,1) anos. A respeito do risco cardiovascular, a cada acréscimo no número de filhos as mulheres aumentaram o Escore de Framingham em 0,19 pontos (β = 0,199, p = 0,01). Além disso, aquelas que estavam na pós-menopausa apresentaram um aumento de 1,6 (β = -1,601, p = 0,002) no Escore de Framingham.  Conclusão: A paridade e o estágio pós-menopausal aumentam o risco cardiovascular em 10 anos de acordo com o Escore de Framingham.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1460020 - ALVARO CAMPOS CAVALCANTI MACIEL
Externa à Instituição - MAYLE ANDRADE MOREIRA - UFC
Externa ao Programa - 3885543 - SAIONARA MARIA AIRES DA CAMARA
Notícia cadastrada em: 13/02/2020 15:57
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao