Banca de QUALIFICAÇÃO: LARISSA RAMALHO DANTAS VARELLA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LARISSA RAMALHO DANTAS VARELLA
DATA : 10/05/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Parecer
TÍTULO:

ANÁLISE DA EFICÁCIA DA ELETROESTIMULAÇÃO TRANSCRANIANA POR CORRENTE CONTÍNUA EM PACIENTES COM DISMENORREIA PRIMÁRIA: ENSAIO CLÍNICO CONTROLADO RANDOMIZADO E CEGO

 


PALAVRAS-CHAVES:

Ciclo menstrual. Dor pélvica. Dor crônica. Terapia por Estimulação Elétrica. Tratamento Conservador. Modalidades de Fisioterapia

 


PÁGINAS: 80
RESUMO:

Introdução: A dismenorreia primária é uma condição crônica na qual a paciente apresenta uma dor uterina, do tipo cólica, acompanhada da menstruação e na ausência de patologias pélvicas. Esta afeta negativamente a vida da mulher em muitos aspectos sociais, emocionais e físicos. Até o momento a terapia medicamentosa e a termoterapia tem sido os meios mais efetivos para tratamento da dismenorreia, porém estes apresentam reações adversas indesejadas ou efeito local de pequena duração. Assim, outras terapias permanecem em estudo. A terapia por eletroestimulação transcraniana por corrente contínua (ETCC) tem apresentado bons resultados sobre a dor e funcionalidade em pacientes com diversos tipos de doenças que apresenta como sintoma a dor crônica. Até o momento não há estudos dessa terapia em pacientes com dismenorreia primária. Objetivos: Investigar o efeito da ETCC sobre a dor e funcionalidade em pacientes com dismenorreia primária, bem como analisar o efeito da ETCC em região de córtex pré-frontal dorso lateral (ETCCCPDL) os sintomas emocionais, observar a percepção de melhora das pacientes quanto ao tratamento, avaliar o efeito a longo prazo da intervenção, e estabelecer protocolo para tratamento da dismenorreia primária. Métodos: Trata-se de um ensaio clínico controlado, randomizado e cego. As 26 pacientes com dismenorreia primária foram randomizadas em dois grupos. O grupo ETCCCPDL recebeu a terapia por 5 dias consecutivos, enquanto o grupo Sham realizou o mesmo protocolo, porém com a corrente desligada. A ETCC foi realizada em região de córtex pré-frontal dorso lateral, com intensidade de 0,2mA. A localização do ponto foi feita atreves do sistema 10/20, utilizando o programa “F3 measurement System”. As participantes dos dois grupos foram avaliadas em dois momentos: nas primeiras 24 horas do ciclo menstrual inicial (AV1) e nas primeiras 24 horas do ciclo menstrual seguinte, após intervenção (AV2). Apenas as participantes do grupo intervenção foram submetidas à uma terceira avaliação no primeiro dia do próximo ciclo menstrual (AV3). Para avaliação dos desfechos primários dor e funcionalidade foram utilizados, respectivamente a escala numérica da dor e o questionário de dor McGill e o teste de caminhada de 6 minutos. Para os desfechos secundários afetividade, ansiedade e sintomas menstruais foram usados, respectivamente, a escala de afeto positivo e negativo, a escala de avaliação de ansiedade de Hamilton, a ferramenta de triagem de sintomas pré-menstruais. Para analise da percepção subjetiva do tratamento foi utilizado o Patient Global Impression of Change.   Resultados esperados: Ao término do estudo espera-se elucidar questões acerca dos efeitos da eletroestimulação transcraniana por corrente contínua sobre a dor e funcionalidade de pacientes com dismenorreia primária, bem como seus efeitos sobre os sintomas menstruais, humor e ansiedade.

 


MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 1242804 - ADRIANA GOMES MAGALHAES
Externo à Instituição - CLECIO GABRIEL DE SOUZA - UNIFACISA
Presidente - 2786809 - MARIA THEREZA ALBUQUERQUE BARBOSA CABRAL MICUSSI
Notícia cadastrada em: 30/04/2019 14:41
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao