Banca de DEFESA: ANA GABRIELA CAMARA BATISTA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA GABRIELA CAMARA BATISTA DA SILVA
DATA: 27/02/2015
HORA: 09:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO DEPTO DE FISIOTERAPIA
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DO TESTE DE ELEVAÇÃO DO CALCANHAR E COMPOSIÇÃO CORPORAL EM MULHERES IDOSAS COM DOENÇA ARTERIAL OBSTRUTIVA PERIFÉRICA


PALAVRAS-CHAVES:

DAOP, Composição corporal, HRT, ITB, endurance


PÁGINAS: 65
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Fisioterapia e Terapia Ocupacional
RESUMO:

A doença arterial obstrutiva periférica (DAOP) é uma patologia oclusiva crônica da circulação arterial periférica causada principalmente por aterosclerose. Um dos métodos clínicos propostos para avaliação do endurance e função muscular de membros inferiores é o Heel Rise Test (HRT) ou teste de elevação do calcanhar, porém sua capacidade de predizer a disfunção causada pela DAOP e sua relação com a composição corporal não foram elucidados. O objetivo geral do trabalho é avaliar o endurance da musculatura de membros inferiores, através do Heel Rise Test, e a composição corporal em mulheres idosas com índice tornozelo-braquial (ITB) compatível com a DAOP e mulheres com ITB Normal. Foram avaliadas 60 mulheres idosas, sendo 39 com ITB normal e 21 com ITB DAOP. A composição corporal foi quantificada através da bioimpedância elétrica multifrequencial segmentar direta. Não foram observadas diferenças marcantes de composição corporal entre grupos além de tendência de menor valor de massa livre de gordura em MMII no grupo ITB DAOP. O número de repetições no HRT apresentou correlação com a composição corporal tanto de massa de gordura e suas porcentagens (MGC r= -0,461, p<0,001; PGC r= -0,45, p<0,001; PGT r= -0,584, p<0,0001; MGT r= -0,45, p<0,001), quanto de massa livre de gordura em membros inferiores normalizada pelo peso (r= 0,434, p<0,001); contudo, não houve correlação com o ITB que apenas correlacionou-se com a velocidade de realização do teste (rho= -312, p=0,01). Embora apresente correlação com a composição corporal, sobretudo massa muscular de membros inferiores e seja útil para avaliação da endurance muscular de membros inferiores, padronizações dos parâmetros do HRT são necessárias para que o teste tenha sensibilidade no diagnóstico e determinação da progressão da DAOP em mulheres.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 028.178.499-06 - FERNANDO AUGUSTO LAVEZZO DIAS - UFPR
Interno - 5566309 - VANESSA REGIANE RESQUETI FREGONEZI
Notícia cadastrada em: 10/02/2015 10:33
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao