Banca de DEFESA: JOANILSON GUIMARAES SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: JOANILSON GUIMARAES SILVA

DATA: 02/05/2011

HORA: 14:00

LOCAL: Anfiteatro das Aves CB

TÍTULO:

Caracterização das subpopulações de interneurônios imunorreativos para proteínas ligantes de cálcio no córtex pré-frontal do sagüi (Callithrix jacchus): distribuição e morfologia


PALAVRAS-CHAVES:

calbindina, calretinina, parvalbumina, córtex
pré-frontal, sagui, interneurônios, morfometria, estereologia.


PÁGINAS: 100

GRANDE ÁREA: Ciências Humanas

ÁREA: Psicologia

SUBÁREA: Psicologia Fisiológica

ESPECIALIDADE: Psicobiologia

RESUMO:

No córtex cerebral, os interneurônios são caracterizados pelas suas
diferentes propriedades morfológicas, fisiológicas e bioquímicas,
estabelecendo contatos sinápticos e modulando diferentes aspectos da
atividade dos neurônios piramidais . As proteínas ligantes de cálcio,
calbindina, calretinina e parvalbumina, apresentam um grande interesse
do ponto de vista neuroanatômico, pois elas são expressas em
subpopulações de interneurônios de diferentes áreas corticais em um
grande número de espécies. Contudo, o córtex pré-frontal de primatas
ainda permanece pouco explorado, especialmente no que diz respeito às
classes de interneurônios que formam os circuitos inibitórios. Nesse
estudo caracterizamos e comparamos a morfologia de grupos neuronais
imunorreativos para proteínas ligantes de cálcio nas regiões medial,
dorsolateral e orbital do córtex pré-frontal do sagüi (Callithrix
jacchus). Foram medidos parâmetros morfométricos da arborização
dendrítica e projeções axonais, e a distribuição espacial foi
determinada utilizando técnicas estereológicas. Nossos resultados
demonstraram que células ricas em calretinina apresentaram arborização
dendrítica com perfil morfométrico mais complexo que células ricas em
calbindina e parvalbumina. A calretinina foi expressa em células duplo
buquê e células bipolares, a calbindina foi expressa em neurônios com
tufos duplos e células em cesto, enquanto que a parvalbumina revelou
terminações das células de Chandelier. Enquanto as células
immunorreativas para calbindina e calretina apresentaram uma maior
densidade celular nas camadas II/III, as células imunorreativas para
parvalbumina apresentaram uma grande densidade nas camadas V/VI. A
marcação para calretina foi predominante nas três regiões do córtex
pré-frontal, com prevalência na região dorsolateral. Os grupos
calbindina e parvalbumina apresentaram uma distribuição homogênea nas
três regiões. Os resultados demonstram que as proteínas calbindina,
calretinina e parvalbumina são expressas em grupos de interneurônios
com características morfológicas especificas, revelando diferenças
intrínsecas na organização dos circuitos inibitórios do córtex
pré-frontal de primatas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1299738 - ANTONIO PEREIRA JUNIOR
Externo à Instituição - MARCO MARCONDES DE MOURA - UnB
Externo ao Programa - 1698305 - RODRIGO NEVES ROMCY PEREIRA
Presidente - 1660044 - SIDARTA TOLLENDAL GOMES RIBEIRO
Externo à Instituição - VINICIUS ROSA COTA - UFSJ
Notícia cadastrada em: 19/04/2011 10:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao