Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA MIXSSAEYDE SILVA DE MOURA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIA MIXSSAEYDE SILVA DE MOURA
DATA : 30/03/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Sala da Pós-graduação
TÍTULO:

EFEITOS DO USO DE TERAPIAS ALTERNATIVAS NOS COMPORTAMENTOS TIPOANSIOSO E TIPO-DEPRESSIVO EM ZEBRAFISH (Danio rerio).


PALAVRAS-CHAVES:

musicoterapia; estresse; ansiedade; harmina; zebrafish.


PÁGINAS: 25
RESUMO:

Psicopatologias como ansiedade e depressão têm sido cada vez mais frequentes na sociedade moderna. O crescente uso de medicamentos para tratar essas condições podem desencadear efeitos colaterais e provocar problemas de saúde secundários. Tratamentos preventivos têm recebido atenção nesse contexto, e novas alternativas tanto preventivas quanto curativas associadas à promoção do bem estar e qualidade de vida ganharam destaque nos últimos tempos. Uma das alternativas menos invasivas utilizadas em associação ou para a prevenção dos efeitos nocivos das psicopatologias é a musicoterapia, opção eficaz na redução dos sintomas de desordens psíquicas e comportamentais. Em outros casos, plantas medicinais que contenham alcalóides indólicos podem ser uma alternativa aos efeitos colaterais dos antidepressivos e ansiolíticos sintéticos. Compostos que possuem uma porção indólica estão relacionados à serotonina, neurotransmissor que regula o funcionamento encefálico, cujos níveis alterados têm sido relacionados à ansiedade e depressão. A eficácia desses tratamentos é foco deste estudo. Assim, propomos avaliar dois tratamentos alternativos, a música e o uso do alcalóide indólico harmina na redução das respostas de ansiedade e depressão utilizando o zebrafish (Danio rerio). Esse modelo animal tem sido considerado eficiente, se destacando devido à homologia de cerca de 70% do genoma com humanos (92% em casos de genes relacionados a doenças), e a expressão bioquímica, fisiológica e comportamental correspondente à ansiedade e depressão observada em humanos. Ademais, pretendemos caracterizar o comportamento tipo-ansioso e tipo-depressivo em machos e fêmeas de zebrafish, e testar se as diferenças intersexuais dessas respostas comportamentais demandam tratamentos diferentes. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1644341 - ANA CAROLINA LUCHIARI
Interna - 1718518 - NICOLE LEITE GALVAO COELHO
Notícia cadastrada em: 23/03/2022 16:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao