Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCAS SANTOS ALVES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUCAS SANTOS ALVES
DATA : 16/12/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

Interações entre as variáveis atmosféricas, o polimorfismo do VNTR do gene PER3 e parâmetros de sono de jovens adultos vivendo em diferentes latitudes


PALAVRAS-CHAVES:
PER3; Latitude; Jet-lag social; Cronotipo; Sono

PÁGINAS: 26
RESUMO:
O polimorfismo do VNTR do gene PER3 é uma variabilidade individual advindo do genótipo de primatas. Está associado a expressão do fenótipo circadiano e sono. No caso dos seres humanos, podem influenciar nosso comportamento, como é o caso do cronotipo. No qual diz respeito à preferência circadiana para realizarmos atividades do cotidiano. Além disso, o ambiente que o indivíduo está inserido pode, muitas vezes, afetar a sincronização temporal dos relógios biológicos e social. Principalmente se considerarmos que cada vez mais estamos desregulando horários de sono devido a demandas de trabalho, escola ou por outros fatores. O Jet-lag social é uma destas irregularidades nos padrões de sono, sendo este, entre dias de semana e fins de semana. Outro fator que advêm do meio externo e que também pode influenciar nos padrões de sono é o território em que o sujeito reside. Considerando que a latitude é um conjunto de características que envolvem fatores geofísicos e climáticos, ela parece ter relação com marcadores de sono. Deste modo, o objetivo deste trabalho é verificar quais interações existem entre o polimorfismo VNTR do gene PER3 e marcadores ambientais específicos das latitudes em parâmetros do sono de jovens adultos residentes ao longo do eixo latitudinal do território brasileiro. O método que foi utilizado consiste em três etapas sendo a Etapa 1 referente ao uso do questionário sociodemográfico, de cronotipo de Munique e escala de sonolência diurna excessiva. A Etapa 2 foi a genotipagem, onde foram colhidas amostras orais e, posteriormente, ocorreu a extração do DNA e classificação dos sujeitos a partir do polimorfismo do VNTR do gene PER3. A terceira e atual etapa é referente a coleta de variáveis relacionadas à latitude em três cidades diferentes com latitudes distintas: Maceió – AL, Campinas – SP e Porto Alegre – RS. Serão utilizadas as plataformas NOAA e INMET/BDMEP. O número amostral é de 762 participantes. Sendo que os critérios de inclusão consideram que estes sejam estudantes de graduação ou pós-graduação que iniciam as aulas entre 7:30-8:00 da manhã. Já os critérios de exclusão consideram o uso de medicamentos que afetam o sono e viagens transmeridionais no mês anterior à seleção. Espera-se encontrar possíveis associações entre a latitude, os parâmetros de sono e a variabilidade individual referente ao Polimorfismo do gene PER3 influenciando sobre marcadores de sono, como jet-lag social, sonolência diurna e duração do sono.

MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1199136 - CAROLINA VIRGINIA MACEDO DE AZEVEDO
Presidente - 2998660 - MARIO ANDRE LEOCADIO MIGUEL
Notícia cadastrada em: 10/12/2020 12:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao