Banca de DEFESA: LUIZ EDUARDO MATEUS BRANDÃO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUIZ EDUARDO MATEUS BRANDÃO
DATA : 29/05/2020
HORA: 08:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

Efeitos da 6-OHDA sobre o ritmo de atividade repouso e expressão circadiana de histamina no sistema nervoso central de ratos


PALAVRAS-CHAVES:

Doença de Parkinson; Sintomas não-motores; Disfunção Circadiana; Histamina; Bmal1; Análise não-paramétrica


PÁGINAS: 100
RESUMO:

Doença de Parkinson (DP) é uma doença neurodegenerativa, de caráter progressivo e crônico, conhecida principalmente por comprometer o desempenho motor dos indivíduos acometidos em decorrência de uma disfunção do sistema dopaminérgico central. Apesar dessas características clássicas, hoje sabemos que a DP acarreta sintomas não-motores como a disfunção sexual, déficit cognitivo, prejuízo olfativo, depressão, transtornos de ansiedade, alterações de sono, alterações circadianas entre outros. Estes por sua vez, precedem os sintomas motores e estão relacionados com a desregulação de diferentes sistemas de neurotransmissão como o colinérgico, noradrenérgico, serotoninérgico e histaminérgico. Estudos post-mortem em humanos, ou desenvolvidos com modelos animais, demonstram um aumento na liberação de histamina, seus receptores e projeções, bem como sua relação com o comprometimento do sistema dopaminérgico e agravamento de sintomas da DP. A histamina desempenha um papel importante no sistema nervoso central de mamíferos, regulando de forma rítmica os níveis de alerta e a vigília. Levando isso em consideração, poucos trabalhos discutem como esse ganho de função histaminérgico ocorre e qual sua participação na fragmentação de atividade-repouso, sintoma não-motor comum na DP. Neste sentido, esta tese avalia, usando como ferramenta a administração intracerebroventricular da neurotoxina 6-hidroxidopamina (modelo animal para DP), as alterações no ritmo de atividade-repouso e sua relação com a produção circadiana de histamina no sistema nervoso central de ratos. Inicialmente, os animais passaram por cirurgia estereotáxica para implantação de cânulas-guias. Após recuperação cirúrgica, o registro do comportamento foi feito continuamente por 38 dias, divididos em 3 sessões: uma sessão prévia a infusão da droga, em condições de claro-escuro 12:12h (BASAL LD - 14 dias); e duas sessões posteriores a injeção da droga, sendo a primeira em condições de claro-escuro (Post Infusion LD - 9 dias) e a última em escuro constante para expressão do ritmo em livre curso (Post Infusion DD - 14 dias). No 15º dia de registro, parte dos animais receberam 300μg da neurotoxina (grupo OHDA), enquanto demais receberam solução veículo (grupo CTR). Ao fim das sessões de registro comportamental, os animais foram perfundidos no meio do período de repouso (CT06) ou no meio do período de atividade (CT18) para análise imunohistoquímica das proteínas tirosina hidroxilase, histidina descarboxilase e bmal1 no encéfalo. A administração de 6-hidroxidopamina no terceiro ventrículo gerou um distúrbio progressivo no ritmo de atividade repouso dos animais, sem afetar a expressão das proteínas analisadas. O distúrbio no grupo OHDA ocorreu de forma progressiva entre os períodos Post Infusion LD e DD. Através de abordagens paramétricas e não-paramétricas observamos um aumento na variabilidade de atividade ao longo do dia; redução da estabilidade do comportamento entre os dias; e uma forte redução de amplitude do ritmo. Dessa forma concluímos que a dopamina exerce papel importante na regulação do ritmo de atividade repouso, em condições de sincronização e livre-curso, mas não afeta a produção de histamina.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FELIPE PORTO FIUZA - IINN
Presidente - 2351800 - JEFERSON DE SOUZA CAVALCANTE
Interno - 2998660 - MARIO ANDRE LEOCADIO MIGUEL
Externo à Instituição - MAXWELL BARBOSA DE SANTANA - UFOPA
Externa à Instituição - YWLLIANE DA SILVA RODRIGUES MEURER - UFPB
Notícia cadastrada em: 19/05/2020 20:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao