Banca de QUALIFICAÇÃO: EMANUEL LINEGLEY RIBEIRO DA SILVA JÚNIOR

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EMANUEL LINEGLEY RIBEIRO DA SILVA JÚNIOR
DATA : 04/03/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Sala Sagui
TÍTULO:

INFLUÊNCIA DA EXPOSIÇÃO À LUZ BRANCA ENRIQUECIDA COM AZUL PELA MANHÃ SOBRE O CICLO SONO E VIGÍLIA, ATENÇÃO, HUMOR E CONFORTO VISUAL EM ADOLESCENTES


PALAVRAS-CHAVES:

Adolescentes; atenção; luz; ciclo sono e vigília; variabilidade da frequência cardíaca


PÁGINAS: 51
RESUMO:

A escola é definida por ser um ambiente onde ocorre o processo de ensino-aprendizagem. Porém, muitas vezes encontramos adolescentes apresentando privação de sono e sonolência durante as aulas pela manhã. Essa privação e sonolência interferem sobre a memória e processos cognitivos básicos, como a atenção, que são essenciais para o processo de aprendizagem. Isso ocorre devido aos adolescentes sofrerem alterações biológicas nos processos que regem o ciclo sono e vigília fazendo com que os mesmos tenham uma preferência natural a acordar e dormir mais tarde. Em contrapartida, os horários de aula ocorrem no início da manhã, cortando o tempo de sono desses indivíduos, não permitindo que os mesmos tenham a necessidade de sono atendida, resultando na privação de sono e sonolência. A literatura tem sugerido que a luz, principalmente com composição espectral na faixa do azul, tem efeito sobre o nosso ciclo sono e vigília (CSV), podendo atrasá-lo (nos fazer dormir e acordar mais tarde) ou adiantá-lo (nos fazendo dormir e acordar mais cedo) em função do horário em que a recebemos. Além de poder influenciar nossa atenção nos deixando mais alerta e melhorando o desempenho cognitivo. Desta forma, a proposta deste trabalho é modificar a iluminação da sala de aula durante a manhã, momento em a luz induz avanços no CSV, com o objetivo de avaliar o efeito da exposição a este tipo de iluminação sobre o CSV, atenção, alerta (variabilidade da frequência cardíaca), humor, conforto visual e sonolência diurna. Para isso a coleta será realizada com alunos de ambos os sexos do ensino médio do turno matutino em uma instituição pública de ensino. Como método da pesquisa, iremos realizar as medidas sob duas condições uma em linha de base em que os alunos estarão se expondo a luz habitual da sala de aula e uma segunda condição de intervenção onde será utilizada uma lâmpada de luz branca enriquecida com azul com temperatura de 6500K. Os participantes preencherão questionários sobre a condição socioeconômica, sonolência diurna, cronotipo, humor e conforto visual. Além disso, os parâmetros de sono serão acompanhados por meio do diário de sono e da actimetria por 10 dias. Durante esse período, o participante irá realizar um teste cognitivo para analisar o desempenho atencional e utilizará um equipamento durante as aulas para medir de forma objetiva a atenção sustentada, por meio da variabilidade da frequência cardíaca.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1199136 - CAROLINA VIRGINIA MACEDO DE AZEVEDO
Interno - 2998660 - MARIO ANDRE LEOCADIO MIGUEL
Notícia cadastrada em: 17/02/2020 11:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao