Banca de QUALIFICAÇÃO: NATHALYA CHRISPIM LIMA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : NATHALYA CHRISPIM LIMA
DATA : 03/03/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Sala Sagui
TÍTULO:

INVESTIGAÇÃO SOBRE PRIVAÇÃO DE SONO E FUNÇÕES EXECUTIVAS EM PROGRAMADORES ATRAVÉS DE MONITORAMENTO SUBJETIVO E OBJETIVO


PALAVRAS-CHAVES:

sono; programadores; privação de sono; funções executivas; P300


PÁGINAS: 20
RESUMO:

Estudos recentes associam o uso prolongado e excessivo de novas tecnologias, como tablets, computadores e smartphones, à privação de sono, com indicativos de piora na qualidade e duração do sono, e consequências matutinas do sono prejudicado, como a sensação de sono não restaurador e a sonolência diurna. A maior parte desses estudos foca em faixas etárias mais jovens, como crianças, adolescentes e jovens adultos, e somente no uso de tecnologia para o lazer, sendo poucos os que consideram o impacto desse excesso de tecnologia em outras faixas etárias, especialmente no que concerne profissionais que trabalham diretamente e por longos períodos com a tecnologia, como programadores, desenvolvedores e engenheiros de software. Entre os efeitos dessa privação de sono ao longo prazo, podemos citar os prejuízos de funcionamento cognitivo associados à quantidade reduzida ou má qualidade do sono: a literatura mais recente traz evidências de prejuízos a processos como a memória, a atenção e as funções executivas. Dentre esses, a pesquisa sobre o impacto da privação de sono nas funções executivas se destaca por seus resultados conflituosos, com perdas em tarefas mais simples contrastando com a manutenção do funcionamento executivo em tarefas cognitivamente mais complexas. Processos como o controle inibitório, a flexibilidade cognitiva e a memória operacional, classificados como funções executivas, são de grande importância para a funcionalidade do indivíduo em diferentes esferas da vida, de atividades diárias ao desempenho no trabalho, sugerindo a importância de mais pesquisas quanto aos efeitos da privação de sono sobre essas funções. Tendo em vista esses três fatores - privação de sono, uso excessivo de tecnologia e prejuízo nas funções executivas, esse estudo tem o objetivo de investigar a privação de sono e potenciais impactos sobre as funções executivas em uma população de programadores adultos, utilizando de métodos subjetivos (testes neuropsicológicos) e objetivos (análise da onda P300), em comparação a um grupo controle sem sintomas de privação de sono e que não faz uso de tecnologia da informação para o trabalho.


MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 2888478 - DENISE MORAIS LOPES GALENO
Presidente - 1665448 - KATIE MORAES DE ALMONDES
Notícia cadastrada em: 17/02/2020 10:27
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao