Banca de DEFESA: PATRÍCIA VIDAL DE NEGREIROS NÓBREGA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PATRÍCIA VIDAL DE NEGREIROS NÓBREGA
DATA : 11/12/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de aula da Psicobiologia
TÍTULO:

Participação dos componentes homeostático e circadiano do sono no desempenho funcional em idosos institucionalizados


PALAVRAS-CHAVES:

Envelhecimento. Fragilidade. Ritmo circadiano. Sono. Actigrafia. Funcionalidade.


PÁGINAS: 178
RESUMO:

Introdução: O envelhecimento é um dos fenômenos que afeta a integridade da regulação do ciclo sono-vigília (CSV) e de seus componentes, circadiano e homeostático. Transtornos na regulação do CSV estão relacionados com um importante indicador do estado de saúde na população idosa, o desempenho funcional, cujo declínio progressivo é reconhecido como uma característica comum da Síndrome da Fragilidade. Ambas entidades patológicas acometem mormente os idosos institucionalizados, considerados de risco à um processo de deterioração mais acelerada. Objetivo: Avaliar a influência dos componentes homeostático e circadiano do sono sobre o desempenho funcional em idosos institucionalizados. Materiais e métodos: Estudo longitudinal de 24 meses, com três medidas de avaliação, conduzido com 133 idosos residentes em quatorze instituições de longa permanência do Estado da Paraíba. Foram utilizados Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh (IQSP) e actimetria (abordagem não paramétrica), além de questionários e testes específicos para as variáveis gerais de saúde e de desempenho funcional (fenótipo de fragilidade). Para caracterização da amostra, estatística descritiva foi utilizada, com medidas de distribuição para todas as variáveis. Em seguida, análises bivariadas foram realizadas para observar a existência de relações entre as variáveis independentes e dependentes, com cálculo dos respectivos Effect-Size. Por fim, modelos lineares de efeitos mistos foram construídos, ajustados por covariáveis, para analisar se às mudanças na qualidade do sono (latência, duração, início e final do sono e escore IQSP) e ritmo repouso-atividade (L5, M10, AR, IS60, ISm, IV60 e IVm) seriam preditores de aumento na carga de fragilidade. Resultados: A amostra foi caracterizada por média de idade de 78,76 (±7,62) anos, má qualidade de sono, no IQSP (7,71±4,38 pontos), e 47,3% de idosos frágeis. Os idosos frágeis obtiveram pior qualidade de sono, IQSP=9,00 (±4,59), quando comparados aos não frágeis, IQSP=6,42 (±3,74) (p=0,001). Os idosos com queixas de qualidade de sono ruim, latência de sono prolongada, duração de sono inadequada, baixa eficiência habitual de sono, presença de distúrbios do sono noturno e diurno e/ou uso de medicação para dormir apresentaram critério positivo para exaustão, perda de peso não-intencional, redução na velocidade da marcha, força de preensão e na atividade física. Adicionalmente foram verificados maior irregularidade e fragmentação do ritmo repouso-atividade nos idosos frágeis [(ISm=0,32±0,14; p=0,041) (IVm=0,88±0,23; p=0,032), respectivamente]. Dentre as variáveis da qualidade do sono, o escore global do IQSP foi preditor de aumento na carga de fragilidade (β=0,04; p=0,003). E de todas as variáveis do ritmo repouso-atividade, apenas a variabilidade intra-diária (IVm) foi capaz de predizer alterações na fragilidade (β=0,906; p=0,034). Conclusão: A partir dos resultados deste estudo longitudinal, foi observado que má qualidade do sono e fragmentação do ritmo repouso-atividade foram preditores de aumento da carga de fragilidade em idosos institucionalizados, ou seja, o componente homeostático foi o principal influenciador do declínio progressivo do desempenho funcional, concernente ao status de fragilidade. Salienta-se que os marcadores do ritmo repouso-atividade e da qualidade do sono podem constituir uma nova ferramenta para o monitoramento do estado de saúde e doença em idosos institucionalizados.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1460020 - ALVARO CAMPOS CAVALCANTI MACIEL
Externo à Instituição - CIBELE APARECIDA CRISPIM - UFU
Presidente - 1216466 - JOHN FONTENELE ARAUJO
Externo ao Programa - 2920110 - JOHNNATAS MIKAEL LOPES
Externo à Instituição - MARIA FILOMENA CEOLIM - UNICAMP
Notícia cadastrada em: 29/11/2017 15:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao