Banca de DEFESA: DEISYLANE GARCIA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DEISYLANE GARCIA DA SILVA
DATA : 29/07/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de Aula da Pós-Graduação em Psicobiologia
TÍTULO:

Fluxo de informação na regulação do forrageio em Dinoponera quadriceps


PALAVRAS-CHAVES:

Dinoponera quadriceps, interações, redes sociais, fluxo de informação.


PÁGINAS: 79
RESUMO:

As interações sociais entre operárias em uma colônia não acontecem de forma aleatória, uma vez que as operárias decidem quantas vezes vão interagir e com quem vão interagir. As taxa de interações na colônia são reguladas pela densidade de indivíduos que ela contém e através das quais pode haver rapidez na transferência de informação, provocando mudanças na dinâmica de rede. A fim de analisar o fluxo de informação em operárias de Dinoponera quadriceps investigamos duas colônias com base na quantidade de operárias e larvas no ninho, número de interações individuais, número de saídas, ‘força’ e ‘alcance’ de cada interação, além do fluxo de informação em diferentes horários. O estudo foi realizado no Laboratório de Biologia Comportamental da UFRN. Foram observadas duas colônias com diferentes densidades de operárias por 16h/colônia, totalizando 8h/dia através de gravação com câmera digital. As colônias de D. quadriceps não apresentaram correlação entre o número total de interações com o número total de operárias e nem com as saídas do ninho. As taxas per capita de interações apresentaram padrão semelhante para as duas colônias, sendo maiores no horário de disponibilidade de alimento. A colônia com menor densidade de operárias apresentou mais interações por individuo, principalmente no dia e horário com alimento, e estas interações obtiveram maior ‘força’ e ‘alcance’. A dinâmica de redes sociais também apresentou padrão semelhante entre as colônias, apresentando maiores fluxos de informação no horário de alimento. Com base no exposto concluímos que as operárias de D. quadriceps regulam a atividade de forrageamento através de autoestimulação, como também suas taxas de contato, aumentando o número de interações em dia e horário com alimento na colônia, modificando o fluxo de informação e aumentando a disseminação da informação.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA MARIA MATOSO VIANA BAILEZ - UENF
Presidente - 1149552 - ARRILTON ARAUJO DE SOUZA
Interno - 350638 - MARIA DE FATIMA ARRUDA DE MIRANDA
Notícia cadastrada em: 19/07/2016 14:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao