Banca de QUALIFICAÇÃO: CARLA JÉSSICA RODRIGUES SALES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CARLA JÉSSICA RODRIGUES SALES
DATA: 29/03/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Aula da Pós-Graduação em Psicobiologia
TÍTULO:

Avaliação dos efeitos da gonadectomia e reposição de andrógenos no uso das mãos em tarefas forçadas e espontâneas em machos de Callithrix jacchus


PALAVRAS-CHAVES:

Preferência manual, andrógenos, cognição, C. jacchus.


PÁGINAS: 18
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Psicologia
RESUMO:

Lateralização cerebral refere-se ao envolvimento diferencial do hemisfério esquerdo ou direito em um processo cognitivo específico como a linguagem, habilidades espaciais ou discriminação de faces. Na população humana, 90% dos indivíduos apresenta lateralização para a direita (destros apresentam o controle motor no hemisfério esquerdo), o mesmo ocorrendo para maioria dos processos associados à linguagem. Dessa forma, a especialização do hemisfério esquerdo para o controle manual direito pode então ter acompanhado e contribuído para evolução das várias características típicas da espécie, incluindo a linguagem e outros processos cognitivos de ordem superior. Em primatas humanos e não-humanos a lateralidade é mais frequentemente avaliada pela preferência de uso das mãos. Dessa forma, para investigar a influência dos andrógenos sobre a preferência manual (independentemente da direção, esquerda ou direita) em C. jacchus, serão utilizados 7 machos adultos desta espécie. Estes animais serão testados em dois tipos de tarefa, forçada e espontânea, que envolvem o uso das mãos no contexto alimentar, ao longo de 3 fases. A tarefa espontânea o animal terá livre acesso a comida, já a tarefa forçada, será utilizado uma placa de acrílico com orifício de 2 cm, onde o animal só poderá utilizar uma das mãos para acesso ao alimento. Inicialmente serão coletados os dados de preferência manual em ambos os tipos de tarefas correspondente ao período basal, totalizando, no mínimo, 100 tentativas bem-sucedidas de alcançar o alimento, coletadas em 5 sessões (20 tentativas por sessão). Ao término desta fase, os animais serão submetidos à castração cirúrgica e cerca de 30 dias após a castração, os testes de preferência manual serão realizados novamente. Após, no mínimo, 15 dias do procedimento cirúrgico, será iniciada a reposição hormonal usando testosterona, e após 7 dias do início da terapia hormonal, os testes de preferência manual serão repetidos. Durante as 3 fases (basal, pós-castração e terapia hormonal) serão coletadas amostras de fezes nos dias posteriores às 5 sessões de testes e coleta de sangue nos dias da primeira e da última sessão dos testes, para avaliação do efeito dos andrógenos. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1313157 - HELDERES PEREGRINO ALVES DA SILVA
Presidente - 6346130 - MARIA BERNARDETE CORDEIRO DE SOUSA
Notícia cadastrada em: 16/03/2016 14:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao