Banca de DEFESA: LEONARDO MEDEIROS DE QUADROS BARBOSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: LEONARDO MEDEIROS DE QUADROS BARBOSA

DATA: 24/02/2011

HORA: 09:00

LOCAL: Sala 2 PPgCF

TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTI-INFLAMATÓRIA DO ÓLEO DE RÃ-TOURO (Rana catesbeiana)


PALAVRAS-CHAVES:

inflamação, óleo de rã-touro, Rana catesbeiana.


PÁGINAS: 87

GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde

ÁREA: Farmácia

RESUMO:

O óleo de rã-touro (Rana catesbeiana) é conhecido popularmente por suas várias
atividades farmacológicas, dentre elas, anti-inflamatória. Entretanto, não existem
estudos realizados in vivo para confirmar essas atividades, sendo o óleo utilizado
apenas empiricamente. O objetivo desse estudo foi avaliar a possível atividade
anti-inflamatória do óleo in vivo. Foram utilizados 25 ratos da espécie Rattus
novergicus var. Wistar, machos, adultos, pesando entre 200 e 250 g, divididos em
5 grupos (n=5). Cada animal ficou em jejum por 2 horas, então recebeu por
gavagem solução de acordo com o grupo: o controle negativo recebeu 2 mL de
solução salina, o controle positivo recebeu solução de indometacina 10 mg/kg e
os experimentais receberam óleo de rã nas concentrações de 50 mg/kg, 100
mg/kg e 200 mg/kg. Após uma hora, foi induzida a inflamação, pela injeção
intraplantar de 1 mL de suspensão de carragenina 1% na pata anterior direita de
todos os animais de todos os grupos, sendo o controle realizado pela injeção de 1
mL de solução salina na pata esquerda. O diâmetro de cada pata foi medido,
utilizando um paquímetro, no momento da injeção, e 1h, 2h, 3h e 4h após a
mesma. Na quarta hora, o animal foi sacrificado e amostras de ambas as patas,
além de fígado e baço foram retiradas para analise histopatológica. Os resultados
mostraram que as três concentrações de óleo de rã diminuíram o edema, quando
comparados ao controle negativo (p<0,05), mas que a diferença entre eles e o
controle com indometacina e entre eles mesmos não foi significativa (P<0,05), o
que leva a concluir que as três doses inibiram na mesma intensidade que a
indometacina. O resultado do histopatológico confirmou os resultados estatísticos,
através de achados apenas nas patas inflamadas do grupo controle. Todavia, não
foram encontradas alterações no fígado e baço, uma vez que a inflamação
induzida foi apenas aguda.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ADRIANA RAFFIN POHLMANN - UFRGS
Presidente - 1178187 - ERYVALDO SOCRATES TABOSA DO EGITO
Externo à Instituição - KATTYA GYSELLE DE HOLANDA E SILVA - UFRN
Notícia cadastrada em: 14/02/2011 10:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao