Banca de DEFESA: VIVIANE PREICHARDT DUEK - (Retificação)

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: VIVIANE PREICHARDT DUEK

DATA: 22/02/2011

HORA: 14:00

LOCAL: SALA DE MULTIMEIOS - NEPSA/CCSA/UFRN

TÍTULO:

EDUCAÇÃO INCLUSIVA E FORMAÇÃO CONTINUADA: CONTRIBUIÇÕES DOS CASOS DE ENSINO PARA OS PROCESSOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE PROFESSORES.


PALAVRAS-CHAVES:

Educação Inclusiva. Formação Continuada de Professores. Casos de Ensino. Desenvolvimento Profissional. Conhecimentos Profissionais.


PÁGINAS: 348

GRANDE ÁREA: Ciências Humanas

ÁREA: Educação

RESUMO:

Este estudo focaliza os processos de aprendizagem e desenvolvimento
profissional vividos por professoras do Ensino Fundamental que têm alunos com
necessidades educacionais especiais em suas salas de aula. Nesse sentido, aposta
nos casos de ensino e método de casos enquanto recurso metodológico capaz de
articular a formação continuada de professores em uma perspectiva inclusiva.
Nesta pesquisa-intervenção, foi adotado o modelo construtivo-colaborativo para
a formação continuada de professores, que teve como principal objetivo
investigar as possíveis contribuições dos casos de ensino, enquanto estratégia
formativa e investigativa, para os processos de aprendizagem e desenvolvimento
profissional de docentes que atuam na escola regular. Os dados foram coletados
por meio de atividades de análise, elaboração e discussão coletiva de casos de
ensino, tendo como participantes oito professoras de uma escola pública regular,
localizada no município de Natal/RN. O referencial teórico abarca a educação
inclusiva, a aprendizagem da docência, o desenvolvimento profissional de
professores, a base de conhecimento para o ensino e os casos de ensino como
recurso para a formação continuada de professores em uma perspectiva
inclusiva. Os resultados indicaram que os casos de ensino oportunizaram a
descrição e a análise de práticas pedagógicas desenvolvidas pelas professoras do
ensino regular e o estabelecimento de processos reflexivos sobre as situações
relatadas e sobre o seu próprio fazer pedagógico com indícios de mudanças.
Apontaram também, a contribuição dos casos de ensino para a explicitação,
sistematização e ampliação dos conhecimentos profissionais acerca do processo
educacional inclusivo, bem como para o envolvimento pelas professoras do
estudo em um processo de raciocínio pedagógico. As aprendizagens
evidenciadas dizem respeito, principalmente, ao próprio papel enquanto
professoras do ensino regular, ao papel do profissional de apoio e das
instituições especializadas frente à inclusão escolar. As análises demonstram que
a opção metodológica se mostrou bastante adequada ao desenvolvimento de um
processo de formação centrado na escola, permitindo que os professores
busquem, em sua realidade, alternativas visando à construção de uma nova
lógica de ensino que acolha a diversidade. Conclui-se, portanto, que os casos, ao
trazerem situações de ensino próximas àquelas vivenciadas pelos professores em
seu cotidiano profissional, desempenham função primordial nos processos de
aprendizagem docente, uma vez que permitem tomar a formação em articulação
com as experiências e os conhecimentos que os docentes já possuem.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149418 - LUCIA DE ARAUJO RAMOS MARTINS
Interno - 1545096 - DEBORA REGINA DE PAULA NUNES
Interno - 347394 - FRANCISCO DE ASSIS PEREIRA
Interno - 1149542 - FRANCISCO RICARDO LINS VIEIRA DE MELO
Externo à Instituição - MAÉVI ANABEL NONO - UNESP
Externo à Instituição - RITA VIEIRA DE FIGUEIREDO - UFC
Notícia cadastrada em: 12/04/2011 17:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao