Banca de DEFESA: LIGIA SOUZA DE SANTANA PEREIRA - (Retificação)

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: LIGIA SOUZA DE SANTANA PEREIRA

DATA: 18/03/2011

HORA: 08:00

LOCAL: AUDITÓRIO DO NEPSA/CCSA/UFRN

TÍTULO:

Festa na escola e a autopoiese do lazer.


PALAVRAS-CHAVES:

 Corporeidade; Festa na Escola; Ludopoiese; Humanescência; Autopoiese do Lazer.


PÁGINAS: 325

GRANDE ÁREA: Ciências Humanas

ÁREA: Educação

RESUMO:

Este estudo apresenta a problemática da festa na escola e as suas relações com a perspectiva da autopoiese do lazer na vida de estudantes que residem em moradia estudantil. Teve como objetivo descrever e interpretar as vivências de lazer mais significativas no cotidiano de uma moradia estudantil e os processos ludopoiéticos para a autoformação humanescente. Dos pressupostos teóricos que subsidiaram o desenvolvimento desta pesquisa, destacamos: Educação com Freire (1996); Corporeidade com Pierrakos (1990); Lazer com Dumazedier (1999); Festa com Duvignaud (1983); Lúdico com Schiller (2002); Trabalho com Freneit (1998); Autopoiese com Maturana e Varela (2001); Cotidiano com Certeau (1994). A pesquisa de abordagem qualitativa adota princípios da pesquisa-ação existencial, numa perspectiva etnofenomenológica. Como recurso metodológico, utilizamos a Metáfora do Semear que abrange o plantio, o florescer, a colheita e a nova semeadura. O cenário do semear foi a Escola Agrícola de Jundiaí - RN. Participaram da investigação 25 estudantes residentes na escola nos anos de 2007 a 2008, que se envolveram mais ativamente no desenvolvimento de um projeto de extensão para implantação de vivências lúdicas e de lazer na referida instituição. Os principais instrumentos utilizados para a construção dos dados foram: observação participante, questionário, entrevista, o jogo de areia e o registro fotográfico.  O processo de análise dos dados com os princípios etnofenomenológicos destacou os seguintes aspectos: experiencialidade, indicialidade, reflexividade, auto-organizabilidade, filiabilidade, arquetipalidade e humanescencialidade. Novos sentidos e significados da florescência ludopoiética da semente “festa na escola” foram revelados, sendo possível constatar a emergência do lazer autopoiético como uma grande árvore frondosa, capaz de brotar em solos adequadamente fertilizados para produzir frutos maravilhosos da alegria de viver.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 350462 - KATIA BRANDAO CAVALCANTI
Interno - 349790 - EDMILSON FERREIRA PIRES
Interno - 4197701 - ERIKA DOS REIS GUSMAO ANDRADE
Interno - 347394 - FRANCISCO DE ASSIS PEREIRA
Externo à Instituição - LUIZ OCTAVIO DE LIMA CAMARGO - USP
Externo à Instituição - TEREZA LUIZA DE FRANÇA - UFPE
Notícia cadastrada em: 12/04/2011 17:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao