Banca de DEFESA: SANDRA MARIA BORBA PEREIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: SANDRA MARIA BORBA PEREIRA

DATA: 03/12/2010

HORA: 14:00

LOCAL: AUDITÓRIO DO NEPSA/CCSA/UFRN

TÍTULO:

O ato pedagógico como ato gnosiológico em Paulo Freire

Ensinar como uma aventura criadora


PALAVRAS-CHAVES:

Conhecimento, Educação, Paulo Freire, Ciclo Gnosiológico, Ciclo de Ensinar e Aprender


PÁGINAS: 184

GRANDE ÁREA: Ciências Humanas

ÁREA: Educação

RESUMO:

A presente tese tem como objeto de estudo a visão epistemológica de Paulo Freire e como questão central sua compreensão sobre o ato pedagógico enquanto  ato gnosiológico e suas conseqüências para a práxis docente. A tese original afirma que perpassa a obra freireana uma compreensão sobre o conhecimento que situa o ato pedagógico como situação gnosiológica, compreensão esta indispensável a uma práxis educacional libertadora. Para identificar essa compreensão, a presente pesquisa de caráter bibliográfico e qualitativa foi realizada a partir de indicações do próprio Paulo Freire sobre o ato de ler/estudar e da abordagem hermenêutica de Hans-Georg Gadamer, utilizando o diálogo com os textos do autor, em busca dos sentidos capazes de responder às questões desdobradas na presente tese. O trabalho apresenta, além de uma pré-compreensão do tema, os resultados dos exercícios dialógicos mantidos com os textos de Freire sobre o conhecimento e a educação como situação gnosiológica. Oportunamente foram construídos mapas conceituais dos achados da autora, para melhor visualização espacial do leitor bem como diálogos com três estudiosos do pensamento freireano. O pensamento freireano sobre o conhecimento e a educação enquanto situação gnosiológica engloba as seguintes dimensões, além da dimensão epistemológica propriamente dita: dimensão histórico-filosófica; dimensão político-ideológica; dimensão comunicativa e dialógica; dimensão ética e estética; dimensão pedagógico-cultural; e dimensão institucional e de gestão. A compreensão pelo educador dessas dimensões bem como sobre o Ciclo de Ensinar e Aprender  podem contribuir de modo significativo para uma práxis docente capaz de percorrer o caminho do diálogo problematizador, aquele que pode tornar o ato pedagógico num ato verdadeiramente gnosiológico, capaz de auxiliar homens e mulheres em seu processo de humanização.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1149574 - JEFFERSON FERNANDES ALVES
Interno - 1149344 - MARCIA MARIA GURGEL RIBEIRO
Externo à Instituição - MARIA ELIETE SANTIAGO - UFPE
Interno - 6347203 - MARLUCIA MENEZES DE PAIVA
Presidente - 349752 - ROSALIA DE FATIMA E SILVA
Notícia cadastrada em: 16/11/2010 15:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao