Banca de DEFESA: ÚRSULA GABRIELA DANTAS DE MENEZES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ÚRSULA GABRIELA DANTAS DE MENEZES
DATA : 23/11/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Plataforma de Webconferência
TÍTULO:

Literatura infantil na Educação Infantil: acervos e práticas em instituições


PALAVRAS-CHAVES:

Educação Infantil; Literatura Infantil; Práticas Pedagógicas; Acervos literários.


PÁGINAS: 165
RESUMO:

A presente Dissertação de Mestrado teve como objetivo analisar a constituição de acervos literários e práticas pedagógicas desenvolvidas em instituições de Educação Infantil com vistas a promover interações de crianças com a literatura segundo professoras que as realizam. Nesse sentido, durante o processo de investigação, nos orientamos pelas premissas: a) a literatura é prática cultural presente em todos os tempos e sociedades e obra de arte-linguagem que possibilita vivências fundamentais para a nossa formação como sujeitos humanos-sociais; b) acervos literários constituem objetos de interação, (res)significação, apropriação e produção cultural, que precisam considerar, além da diversidade, a qualidade literária das obras, visando a ampliação das experiências das crianças; e c) as práticas pedagógicas são possibilidades de mediação de encontros e relações entre os sujeitos e os objetos de conhecimento. Desse modo, entendemos que a relação entre a criança e a literatura tem relevância para seu desenvolvimento pelo que esta propicia de oportunidades de vivência de fantasia, ludicidade, linguagem, pensamento, cognição, afetividade, liberdade e de ser garantida em todo o processo de escolarização, especialmente no contexto da Educação Infantil. Assim, o estudo buscou responder à questão: como se constituem os acervos literários (em termos de quantidade e qualidade) e as práticas pedagógicas que propiciam interações de crianças com obras de literatura no contexto da Educação Infantil? Dada a natureza do nosso objeto de análise, adotamos a abordagem qualitativa de investigação e os aportes metodológicos sócio-históricos a partir das contribuições de Vigotski (2007) e Bakhtin (2011) sobre a pesquisa sobre processos humanos/nas Ciências Humanas, compreendendo que os processos que envolvem as relações humanas são históricos, contextualizados e dinâmicos e que o pesquisador assume o papel de participante do/no contexto investigado e precisa se manter atento aos sentidos que os outros sujeitos coparticipantes atribuem ao objeto em estudo que é, por sua vez, produção desses mesmos sujeitos em suas relações cotidianas. Definimos como campo empírico um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) localizado em Natal/RN e como sujeitos da pesquisa Professoras de diferentes grupos de crianças, a Mediadora de leitura e a Diretora. Nossos dados foram construídos por meio da observação e levantamento do acervo existente na instituição, entrevistas de tipo semiestruturado e um questionário de caracterização da escola. Consideramos que as práticas descritas pelas professoras apontam para uma forte mobilização do CMEI pesquisado para proporcionar a interação entre as crianças (e a comunidade escolar) e a literatura, por meio de diferentes estratégias, prática que vem se consolidando ao longo da história da instituição. A escola dispõe de um amplo e diversificado acervo literário e procura organizar diferentes tempos, espaços e situações que convidam as crianças, seus familiares-responsáveis e ainda outros profissionais da instituição a interagir e explorar os livros, em atividades permanentes e eventuais e em que a literatura é foco principal ou secundário da atividade. Há um espalhamento de obras em diversos ambientes, criando uma “estação de leitura”. Ressaltamos a importância de políticas públicas voltadas para a avaliação, aquisição e distribuição de livros de literatura, bem como a formação continuada de professores para a invenção e organização de tempos, espaços e relações de encontro com a leitura literária em centros de educação da infância.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 6347805 - DENISE MARIA DE CARVALHO LOPES
Externa à Instituição - ELAINE LUCIANA SOBRAL DANTAS - UFERSA
Interna - 2453560 - MARIA CRISTINA LEANDRO DE PAIVA
Externa à Instituição - MARIA DE FÁTIMA CARVALHO - UNIFESP
Interna - 1672888 - MARIANGELA MOMO
Notícia cadastrada em: 12/11/2021 14:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao