Banca de DEFESA: DEBORA MARA PEREIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DEBORA MARA PEREIRA
DATA : 02/08/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Webconferência
TÍTULO:

Diretrizes para a elaboração do PEI como ferramenta para escolarização de alunos com TEA: contributos de uma formação docente


PALAVRAS-CHAVES:

TEA; PEI; Formação docent


PÁGINAS: 316
RESUMO:

As singularidades dos estudantes com Autismo têm provocado intensos desafios às escolas regulares, principalmente quanto à oferta de um ensino de qualidade a esses estudantes. A deficitária formação docente tem sido um dos principais fatores contribuintes na qualidade desse ensino, associada à ausência de diferenciações curriculares promovidas pelas escolas. Desse modo, o Plano Educacional Individualizado (PEI) é estimado como chave de acesso e aprendizagem curricular para os estudantes em situação de deficiência, como também instrumento norteador da práxis docente. Nessa perspectiva, o objetivo principal desse estudo foi construir e validar os conteúdos de um protocolo de PEI de forma colaborativa durante o programa de formação continuada. Essa tese foi estruturada em três estudos: (1) uma revisão sistemática da literatura sobre o PEI; (2) uma pesquisa-ação de cunho colaborativo do PEI, envolvendo 23 professores do ensino fundamental I e II do Estado do RN e (3) a validação do PEI elaborado durante o estudo 2. Os resultados do primeiro estudo indicam que das 17 pesquisas de intervenção analisadas, 7 tratavam da formação docente para a elaboração do PEI no ensino regular, 4 envolviam a elaboração do PEI de estudantes com TEA e 6 investigações abordavam temáticas variadas sobre o instrumento. Foram analisados aspectos colaborativos, avaliativos, formativos e conteudistas do PEI. Já o segundo estudo indicou que os principais desafios que os professores sentiam em relação ao processo de escolarização de estudantes com TEA eram as dificuldades de participação nas atividades escolares que podem estar diretamente relacionadas à falta de um PEI. A formação continuada de 60 horas permitiu a construção colaborativa de um inventário de PEI eletrônico para estudantes com TEA. Ademais, os professores avaliaram o programa formativo como satisfatório e importante suas atividades profissionais. Os resultados do estudo 3 indicaram confiabilidade e viabilidade de aplicação do PEI construído no segundo estudo.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - SÍGLIA PIMENTEL HÖHER CAMARGO - UFPel
Externo à Instituição - CARLO SCHMIDT - UFSM
Presidente - 1545096 - DEBORA REGINA DE PAULA NUNES
Interno - 1149542 - FRANCISCO RICARDO LINS VIEIRA DE MELO
Externa à Instituição - MÁRCIA DENISE PLETSCH - UFRRJ
Interna - 2527711 - OLIVIA MORAIS DE MEDEIROS NETA
Interna - 1756133 - RITA DE CASSIA BARBOSA PAIVA MAGALHAES
Notícia cadastrada em: 21/07/2021 15:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao