Banca de DEFESA: IURY GABRIEL AMORIM DE ARAUJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : IURY GABRIEL AMORIM DE ARAUJO
DATA : 26/04/2021
HORA: 15:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

As festividades do Grupo Escolar Felippe Camarão (1912-1939)


PALAVRAS-CHAVES:

Festas escolares. Grupo Escolar. Estratégia. Disciplina. Corpo.


PÁGINAS: 209
RESUMO:

Esta dissertação de mestrado tem por objetivo analisar as festas escolares desenvolvidas pelo Grupo Escolar Felippe Camarão no município de Cerara-Mirim - RN, no recorte temporal que vai de 1912, ano da fundação do estabelecimento de ensino ao ano de 1939, data em que a escola recebeu outro nome. Nesse período, o município e a educação estadual se encontrava em um processo de modernização, tendo o Grupo Escolar como uma instituição de destaque. A hipótese apresentada é a de que as festividades escolares se configuraram enquanto estratégias desenvolvidas pela instituição em cena para incutir na sociedade uma cultura cívica, enquanto parte da sua cultura escolar. Essa ação era parte da estratégia do Estado, que normatizava as festas a serem realizadas embebendo-as do caráter cívico e patriótico. Para a confecção desse texto, foram problematizadas a Legislação Escolar, as Mensagens de Presidentes de Estado, fotografias, os Livros de Entrada e Saída de Papéis e os Livros de Termos de Visita e Exame e os Programas de Festas do referido Grupo Escolar. São documentos que contribuíram para experimentar o “sabor do arquivo festivo” com base na compreensão tecida por Arlette Farge (2017) e compreender as intenções das festividades escolares. Metodologicamente, realizo a análise das fontes através do pressuposto de documento proposto por Jacques Le Goff (1990) que consiste em perceber nos documentos suas intencionalidades. Nesse ínterim, me aproprio dos conceitos de tática e estratégia preconizados por Michel de Certeau (2008), de cultura escolar delineada por Viñao Frago (1995), de disciplina conforme os escritos de Michel Foucault (2014) e de legislação escolar a partir de Luciano Faria Filho (1998). Por fim, ao adentrar nos domínios de Clio, pelas trilhas da História Cultural, foi possível problematizar os desfiles e cerimônias das Festas da Natureza, 7 de Setembro, Festa da Bandeira e de Encerramento, além de festas esporádicas como os diferentes centenários realizados. Conclui-se que as festas foram estratégias utilizadas para a consolidação de uma cultura escolar cívica


MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 3144694 - ALINY DAYANY PEREIRA DE MEDEIROS PRANTO
Externo à Instituição - ANTONIO CARLOS FERREIRA PINHEIRO - UFPB
Presidente - 2310142 - AZEMAR DOS SANTOS SOARES JUNIOR
Interna - 2482088 - CRISLANE BARBOSA DE AZEVEDO
Externo à Instituição - RICARDO DOS SANTOS BATISTA - UNEB
Notícia cadastrada em: 15/04/2021 11:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao