Banca de DEFESA: MARIA GENILDA MARQUES CARDOSO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIA GENILDA MARQUES CARDOSO
DATA : 28/02/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório 2 - Térreo - NEPSA II
TÍTULO:

A DIMENSÃO ÉTICO-POLÍTICA NOS ITINERÁRIOS FORMATIVOS E AUTOFORMATIVOS DE PROFESSORES(AS) DE FILOSOFIA DE INSTITUIÇÕES PÚBLICAS DE ENSINO EM DIÁLOGO COM JOHN DEWEY


PALAVRAS-CHAVES:

Dimensão ético-política. Autoformação. John Dewey. Professor de Filosofia. Narrativas.


PÁGINAS: 171
RESUMO:

A dimensão ético-política nos itinerários formativos e autoformativos de professores(as) de Filosofia de Instituições Públicas de ensino à luz de John Dewey se constitui em nosso objeto de estudo. Este objeto fez emergir a seguinte pergunta de tese: Como a dimensão ético-política se materializa nos itinerários formativos e autoformativos de professores(as) de Filosofia, considerando os princípios filosóficos e educacionais de John Dewey? Formulamos como propósito de estudo compreender a dimensão ético-política na (auto)formação de professores(as) de Filosofia de Instituições Públicas de Ensino à luz de John Dewey. Para atingir tal intento, elaboramos os seguintes objetivos específicos: Delinear os itinerários formativos de professores(as) de Filosofia colaboradores(as) do estudo, com ênfase na autoformação; Estabelecer articulação entre a dimensão ético-política e a (auto)formação de professores(as) de Filosofia e; Identificar os princípios filosóficos e educacionais de John Dewey. A pesquisa bibliográfica teve como filósofo central John Dewey. A pesquisa de campo foi realizada em duas etapas: Na primeira, aplicamos um questionário diagnóstico a 28 professores(as) de Filosofia lotados no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (Campus Natal Central/Natal Cidade Alta e Natal Zona Norte), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Campus Natal) e Universidade Federal do Piauí (Campus Teresina/ Ministro Petrônio Portela); Na segunda etapa, aplicamos a técnica da entrevista narrativa a 04 professores(as) que se dispuseram em contribuir com a pesquisa. Estes procedimentos seguiram as orientações do Comitê de Ética HUOL/UFRN, aprovado em 02 de agosto/2017. Analisamos os dados de forma descritiva e analítica com o fito de interpretar os diferentes textos produzidos pelas pessoas envolvidas na pesquisa. Utilizamos, também, a análise de conteúdo como técnica de análise dos dados apreendidos das narrativas dos(as) professores(as) colaboradores(as) do estudo. Os referenciais filosóficos e teóricos utilizados no estudo e o conjunto de procedimentos adotados nos fez assumir como tese que: O conceito de educação na autoformação do(a) docente se expande esclarecendo os fins ético-políticos em que se fundamenta, na medida em que o(a) professor(a) reflete criticamente sobre a sua vivência formativa, o ensino de Filosofia e as condições em que as práticas de ensino se realizam.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3280986 - WALTER PINHEIRO BARBOSA JUNIOR
Interna - 2527711 - OLIVIA MORAIS DE MEDEIROS NETA
Interna - 349752 - ROSALIA DE FATIMA E SILVA
Interno - 1149638 - ANTONIO BASILIO NOVAES THOMAZ DE MENEZES
Externo à Instituição - MAURILIO GADELHA AIRES - IFRN
Externo à Instituição - DARCISIO NATAL MURARO - UEL
Externa à Instituição - EDNA MARIA MAGALHÃES DO NASCIMENTO - UFPI
Notícia cadastrada em: 20/02/2020 15:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao