Banca de DEFESA: MARIA CLAUDIA LEMOS MORAIS DO NASCIMENTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIA CLAUDIA LEMOS MORAIS DO NASCIMENTO
DATA : 23/02/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Centro de Educação
TÍTULO:

AS DIRETORAS DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PRESIDENTE KENNEDY (RIO GRANDE DO NORTE, 1965 – 1975)


PALAVRAS-CHAVES:

História da Educação. Instituições escolares. Diretoras.


PÁGINAS: 126
RESUMO:

No Brasil, o magistério primário sofreu no início do século XX um processo de feminização tanto na frequência das Escolas Normais pelas moças, quanto pela ocupação da profissão pelo sexo feminino. Recuperar hoje a trajetória dessas mulheres no magistério se configura em um entrelaçamento entre história das mulheres e história da educação, num momento que a profissão ainda permanece predominantemente feminina. Dentro desse contexto, essa pesquisa visa analisar a atuação das Professoras e Diretoras que dirigiram e lecionaram no Instituto de Educação Presidente Kennedy em Natal, Rio Grande do Norte, entre 1965 e 1975. Insere-se na temática da História das Instituições escolares e da formação de professores e fundamenta-se nos pressupostos da História Cultural de Burke (2008), Chartier (1990), Morais (2002; 2003; 2006), dentre outros autores. Realizamos a coleta de fontes no acervo do Instituto Superior de Educação Presidente Kennedy, Arquivo Público do Estado e no acervo do Grupo de Pesquisa História da Educação, Literatura e Gênero/UFRN. Entre a presença das Diretoras, destaco: Francisca Nolasco Fernandes, Crisan Siminéa, Ezilda Elita do Nascimento, Teresinha Pessoa Rocha e Maria Arisneide de Morais. Francisca Nolasco Fernandes, primeira Diretora da Escola Normal de Natal nomeada em 30 de setembro de 1952 a 30 de janeiro de 1956, na segunda gestão de 24 de março de 1959 a 1966. Francisca Nolasco Fernandes foi a primeira diretora da Escola Normal de Natal, do Instituto de Educação e Instituto de Educação Presidente Kennedy. Crisan Siminéa, diretora da Instituição entre os anos de 1967 a 1970. Ezilda Elita do Nascimento, diretora da unidade Escola de Aplicação entre 1963 a 1968. Teresinha Pessoa Rocha, diretora do Jardim de Infância entre 1960 a 1970. Maria Arisneide de Morais entre os anos de 1970 a 1975. O estudo evidenciou que estas professoras fazem parte das primeiras diretoras do Instituto de Educação Presidente Kennedy e por, a partir delas, especificamente na figura de Dona Francisca Nolasco Fernandes, observarmos o estabelecimento de um novo quadro de gestão predominantemente feminino na Instituição. Passamos da feminização do magistério à feminização dos quadros de gestão. Esse trabalho justifica-se pelo nosso interesse em conhecer e analisar o papel e as contribuições dessas mulheres frente à educação no Estado do Rio Grande do Norte.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - JOSE MATEUS DO NASCIMENTO - IFRN
Presidente - 1149346 - MARIA ARISNETE CAMARA DE MORAIS
Externo à Instituição - MARIA LÚCIA DA SILVA NUNES - UFPB
Interno - 6347203 - MARLUCIA MENEZES DE PAIVA
Externo ao Programa - 2527711 - OLIVIA MORAIS DE MEDEIROS NETA
Notícia cadastrada em: 16/02/2017 15:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao