Banca de DEFESA: CAMILA URSULLA BATISTA CARLOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CAMILA URSULLA BATISTA CARLOS
DATA: 26/02/2016
HORA: 15:00
LOCAL: CE - UFRN
TÍTULO:

Discussão sobre o livro didático na educação física a partir da proposta do estado do Paraná e da cidade de João Pessoa


PALAVRAS-CHAVES:

Educação Física escolar, Livro didático, Sistemas públicos de ensino.


PÁGINAS: 161
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

No cotidiano escolar, comumente utilizado em vãrios axnponen:es curriculares, o livro didático aparece como um dos materiais possíveis para auxiliar os professores e professoras na prática pedagógica. Tal recurso. utilizado tanto para o docente quanto para o estudante, permite um encadeamento do que deve ser pauta nas relações educativas, através de propostas de atividades e textos que norteiam discussões, vivências e pesquisas. Como o interesse dessa pesquisa se situa na educação pública, buscamos fazer um recorte das publicações nesse âmbito educacional. Foi no Estado do Paraná o pioneirismo na produção do livro didático público para o referido componente, destinado tanto ao uso do professor quanto do aluno, encontra-se em sua 2a edição, em circulação desde 2006. Uma iniciativa similar encontrada em outra região do país, no nordeste, é a publicação do Livro Público do Município de João Pessoa, capital da Paraíba, disponibilizada desde o ano de 2012. Apesar de ser um tipo de publicação recente, pouco difundida e ainda polêmica para a área, faz-se necessário investigar o que está em circulação. A seleção destas também foi respaldada pela sua disponibilidade online, além de serem frutos da construção coletiva entre docentes dos respectivos sistemas de ensino - a partir de formações continuadas - e contribuição de professores que atuam no Ensino Superior. O trabalho materializa-se com o objetivo principal de analisar livros didáticos para o ensino da Educação Física escolar de dois sistemas públicos de ensino, que contemplam níveis de ensino diferentes e representativos para a área de atuação profissional, considerando as configurações das obras, seus conteúdos, objetivos, metodologia, e métodos de avaliação. Para aprofundar o campo de investigação, têm-se as seguintes questões de estudo: A) Como se configuram os livros didáticos de Educação Física escolar nos sistemas públicos de ensino? B) Como se estruturam em relação aos conteúdos da Educação Física escolar? C) Quais as fragilidades e avanços das obras? Esta pesquisa caracteriza-se com o caráter qualitativo, e se encaminha para as discussões a partir da análise de conteúdo proposta por Bardin. Para o debate das obras foram definidas categorias de análises, a saber: Matriz teórica, Objetivo da Educação Física na escola, Conteúdos, Metodologia, e Avaliação. Com especificidades, as categorias foram discutidas para cada livro. Conclui-se que a importância das obras para os docentes que trabalham no chão da escola é significativa, na perspectiva de referencia para pensar os conteúdos a serem discutidos e vivenciados nas aulas de Educação Física de forma real e possível. Por terem a característica da disponibilidade online podem servir de material para outros professores de outros sistemas de ensino, não exclusivamente para aquele espaço geográfico que foi primeiramente pensado e escrito.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1645961 - ALLYSON CARVALHO DE ARAUJO
Externo à Instituição - HUMBERTO JEFFERSON DE MEDEIROS - UERN
Presidente - 1149620 - JOSE PEREIRA DE MELO
Interno - 1714249 - MARIA APARECIDA DIAS
Externo à Instituição - MARTA GENU SOARES ARAGÃO - UEPA
Notícia cadastrada em: 02/02/2016 17:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao