Banca de DEFESA: JOELSON DE SOUSA MORAIS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOELSON DE SOUSA MORAIS
DATA: 14/04/2015
HORA: 08:30
LOCAL: Auditório do Centro de Educação / UFRN
TÍTULO:

A PRÁTICA PEDAGÓGICA NO COTIDIANO DE PROFESSORAS INICIANTES: TRAMAS E DESAFIOS DO APRENDER A ENSINAR


PALAVRAS-CHAVES:

Professoras Iniciantes. Mobilização de Saberes Docentes. Estudos do Cotidiano. Conversas. Prática Pedagógica.


PÁGINAS: 177
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

Esta dissertação nasceu da minha própria experiência como professor iniciante na escolarização de crianças pequenas e no entrelaçamento com vários contextos de experiências que se relacionavam com minhas observações e compartilhamento de saberes e fazeres com outras professoras na formação inicial no curso de Pedagogia. Assim me veio uma possibilidade de pesquisar aquilo que propus como objetivo nesta investigação: Compreender como as professoras iniciantes mobilizam os saberes e saberesfazeres na prática pedagógica cotidiana. De abordagem qualitativa, adotei como perspectiva teórico-política e metodológica os estudos do cotidiano nesta investigação, adotando como instrumentos as conversas e observações registradas em áudio, fotografias e diário de pesquisa acerca da prática pedagógica das interlocutoras desta pesquisa, que foram três professoras iniciantes que atuam nas séries iniciais do Ensino Fundamental numa escola pública municipal de Caxias - MA. Escolhi a epistemologia da complexidade não cartesiana na tentativa de desinvisibilizar as práticas das professoras pesquisadas e, assim, compreender as narrativas por elas enunciadas durante nossas conversas. Os saberes e saberesfazeres mobilizados pelas professoras iniciantes são construídos em inúmeros espaçostempos do cotidiano, que são os múltiplos contextos formativos, e se materializam em sua prática pedagógica no desenvolvimento do processo ensino e aprendizagem. Em meio às práticas hegemônicas impregnadas pelo currículo oficial, as praticantespensantes do cotidiano produzem outros sentidos, metamorfoseiam-se, tecem suas identidades profissionais e apresentam algumas lacunas na sua prática, numa perspectiva complexa, configurando-se, assim como práticas emancipatórias e democráticas, que legitimam os saberes mobilizados, fundamentais para a aprendizagem da docência e a consolidação do processo de profissionalização.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - DEBORA MARIA DO NASCIMENTO - UERN
Interno - 6347805 - DENISE MARIA DE CARVALHO LOPES
Presidente - 1674905 - MARISA NARCIZO SAMPAIO
Interno - 349752 - ROSALIA DE FATIMA E SILVA
Notícia cadastrada em: 26/03/2015 15:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao