Banca de DEFESA: MAURA COSTA BEZERRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MAURA COSTA BEZERRA
DATA: 17/10/2014
HORA: 14:00
LOCAL: MULTIMEIOS 01/CENTRO DE EDUCAÇÃO
TÍTULO:

SER GESTORA DA EDUCAÇÃO INFANTIL:

QUAIS SENTIDOS ATRIBUÍDOS NA CULTURA PROFISSIONAL?  


PALAVRAS-CHAVES:

Gestão Escolar. Educação infantil. Formação docente. Cultura profissional


PÁGINAS: 175
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

Essa pesquisa teve por objetivo compreender os sentidos que as gestoras atribuem à gestão escolar da Educação Infantil, a partir da própria formação docente acadêmica e da sua cultura profissional. A necessidade de se pesquisar sobre os sentidos atribuídos à gestão escolar da Educação Infantil pelas gestoras pode ser considerada como um contributo para os estudos sobre gestão escolar na perspectiva da própria equipe gestora. Parte-se da ideia de que os sentidos atribuídos desvelam os processos de reinvenção da cultura profissional que escapam ao olhar menos atento e tomam formas diversas, sendo construídos e reconstruídos nas interações sociais no cotidiano vivido na comunidade escolar. A investigação empírica foi desenvolvida no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Marilanda Bezerra, localizado na cidade de Natal/RN, durante os anos de 2012 e 2013. A metodologia está respaldada na abordagem qualitativa com características de uma pesquisa do tipo etnográfica em educação, tendo como principais instrumentos de construção das informações a entrevista compreensiva semiestruturada. Isso permitiu (por meio do discurso oral das interlocutoras) a interpretação dos sentidos e valores autoatribuídos às suas ações, o caderno pessoal de registros do campo, as fichas de análises interpretativas, os planos evolutivos e a observação participante. Destacam-se autores como Jean-Claude Kaufmann, Adir Ferreira, Sônia Kramer, Álvaro Marchesi, Júlia Oliveira-Formosinho, Maurice Tardif, Telmo Caria, Andy Hargreaves; os quais embasaram teórica e metodologicamente este trabalho. A análise e a interpretação da experiência apontaram para as possibilidades de compartilhamento de ações da unidade escolar de Educação Infantil com a comunidade, destacando a importância de uma prática de gestão escolar participativa e colaborativa do CMEI, ressalta-se o valor dessa possibilidade de gestão escolar mais horizontal e interativa na tentativa de se constituir em espaço democrático e crítico para a cultura profissional, com a participação decisiva da equipe gestora. Essa forma de gestão educacional tem demonstrado sensibilidade, criatividade, inovação e a possibilidade de transformação social, através da ação institucional e das práticas das professoras da educação infantil, convivendo com os desafios, os dilemas e os problemas do cotidiano de trabalho e as lacunas de uma formação fragmentada. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 926826 - ADIR LUIZ FERREIRA
Externo à Instituição - ANDREZZA MARIA BATISTA DO NASCIMENTO TAVARES - IFRN
Interno - 3465197 - ELDA SILVA DO NASCIMENTO MELO
Interno - 347394 - FRANCISCO DE ASSIS PEREIRA
Externo à Instituição - LIGIA MARIA MOTTA LIMA LEÃO DE AQUINO - UERJ
Externo à Instituição - MARIA SALETE BATISTA FREITAG - UFG
Interno - 349752 - ROSALIA DE FATIMA E SILVA
Notícia cadastrada em: 07/10/2014 17:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao