Banca de DEFESA: ANDRESSA LENUSKA SOUSA DE MACEDO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDRESSA LENUSKA SOUSA DE MACEDO
DATA: 29/08/2014
HORA: 09:00
LOCAL: MULTIMEIOS 01/CENTRO DE EDUCAÇÃO
TÍTULO:

O CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A DISTÂNCIA NA UFRN: UMA ANÁLISE DA SUA IMPLEMENTAÇÃO NA PERSPECTIVA DE COORDENADORES E DE ALUNOS


PALAVRAS-CHAVES:

Política Educacional, Educação a Distância, Ensino Superior.


PÁGINAS: 146
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

O trabalho intitulado “o Curso de Administração Pública a Distância na UFRN: uma análise da sua implementação na perspectiva de coordenadores e de alunos” tem como objetivo analisar como se deu a implantação do curso na UFRN, tomando como referência aspectos como a gestão do curso, as atividades desenvolvidas pela tutoria e o uso das ferramentas pedagógicas da plataforma moodle pelos alunos. Parte do pressuposto de que o curso faz parte de uma política educacional criada pelo governo federal, para fazer frente a grande demanda da população que busca o ensino superior. Considera ainda, que a utilização da educação a distância como forma de expandir as matrículas em cursos de nível superior está articulada às diretrizes disseminadas pelos organismos internacionais para aumentar a cobertura desse nível de ensino. A pesquisa se insere em uma abordagem de cunho qualitativo e os instrumentos de pesquisa adotados foram, revisão bibliográfica, análise documental da legislação vigente e entrevistas realizadas com os coordenadores e alunos do curso. A análise dos dados permitiu inferir que a implementação do curso de Administração Pública a Distância na UFRN se deu de forma induzida pelo MEC e que não houve uma discussão na instituição mais aprofundada sobre a modalidade, a metodologia e os conteúdos. O curso foi implantado em polos com a utilização de momentos presenciais e de apoio de tutorias, no entanto a infraestrutura do curso no que se refere ao uso da internet e os recursos humanos que deveriam atuar para mediar o ensino-aprendizagem nem sempre eram adequados. Os alunos utilizaram pouco os recursos da plataforma moodle o que pode ter comprometido a qualidade do mesmo. Os alunos na sua maioria ficaram satisfeitos com o desenvolvimento do curso embora se registre um grande número de evasão. O uso exagerado das tecnologias em cursos a distância, permite inferir que existe uma preocupação em aproveitar as possibilidades dos meios de comunicação de massa para aumentar a matrícula no ensino superior e tentar reduzir os déficits das demandas educacionais do país. Considera-se que a educação a distância é uma modalidade de ensino que tem ampliado o acesso dos alunos superior e aparentemente tem democratizado o acesso a esse nível de ensino, mas não tem garantido a permanência e nem a qualidade da educação.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2346663 - ALDA MARIA DUARTE ARAUJO CASTRO
Externo à Instituição - ANDREZZA MARIA BATISTA DO NASCIMENTO TAVARES - IFRN
Interno - 1149346 - MARIA ARISNETE CAMARA DE MORAIS
Externo ao Programa - 347594 - MARIA GORETTI CABRAL BARBALHO
Notícia cadastrada em: 26/08/2014 09:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao