Banca de DEFESA: DANUBIO GOMES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANUBIO GOMES DA SILVA
DATA: 21/02/2014
HORA: 10:00
LOCAL: MULTIMEIOS 02/CENTRO DE EDUCAÇÃO
TÍTULO:

PAU E LATA PARA UMA EDUCAÇÃO MUSICAL UMA PARTITURA DE VIDAS


PALAVRAS-CHAVES:

Educação musical, partitura de vidas, coletividade.


PÁGINAS: 175
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

Esta dissertação tem como campo de experiência e reflexão o Pau e Lata: Projeto Artístico-Pedagógico e sua atuação no campo da educação musical. Foi criado em 1996, junto à Escola Comunitária Semente de Luz, localizada no Bairro Tabuleiro do Martins, em Maceió/AL. O trabalho se estendeu para o Rio Grande do Norte e posteriormente retornou para Alagoas, mantendo suas atividades nos dois estados, envolvendo aproximadamente 280 pessoas. As questões que nos moveram diante da experiência do Pau e Lata foram: Quais as principais referências e elementos teórico-metodológicos que constituem a formação do músico no Pau e Lata? Como os integrantes desse projeto percebem e se inserem no processo educacional de formação do músico? Como se dá e o que significa o uso dos instrumentos e o aprendizado da escrita e leitura musical? Essas questões nos levaram a realizar esta dissertação, com o intuito de aprofundar a reflexão sobre os processos de formação musical do Pau e Lata, relacionando as experiências de seus integrantes nesse processo e as referências teóricas que regem sua prática educativa. Nesse sentido, delineamos os objetivos da pesquisa, quais sejam: descrever o Projeto Pau e Lata, tendo como foco seu contexto de atuação e seus processos metodológicos; investigar a relação entre a participação efetiva de seus membros no processo de composição do repertório artístico-pedagógico e o seu desempenho no campo da militância cultural no meio em que atua. O processo de composição desta pesquisa está fundamentado na perspectiva fenomenológica. Constituímos, portanto, o nosso trajeto metodológico de pesquisa a partir de dois caminhos que se comunicam: 1) a organização e a descrição de registros históricos do Pau e Lata (documentos comprobatórios, certidões, cartazes, entre outros), e lembranças trazidas na memória do pesquisador e de outros componentes do grupo. 2) a formação de grupo focal e os depoimentos escritos e enviados, via online, dos participantes do Pau e Lata referentes aos temas sucata e onomatopeia, respectivamente. Participaram desse processo, 11 componentes, somando a presença do pesquisador, com a faixa etária entre 21 a 45 anos, todos integrantes do Pau e Lata do Núcleo UFRN. Os resultados desta pesquisa estão centrados na discussão de três eixos que descrevem e norteiam o trabalho desenvolvido pelo Pau e Lata: o trabalho coletivo, o uso da sucata como instrumento e a onomatopeia como base dos processos metodológicos da formação musical. Essa partitura foi composta em três partes. A primeira é apresentada a partir de um acervo de referenciais do Pau e Lata, composto por registros impressos e videográficos. A segunda parte se refere ao instrumento utilizado pelo Pau e Lata, e a percepção dos membros do grupo sobre esses instrumentos, que ocorre de forma que os mesmos estão integralizados no contexto da formação do músico. O terceiro eixo diz de como se dá e o que significa o aprendizado da escrita e leitura musical que ocorre em dois aspectos correlacionados: o processo de ensino aprendizagem e o corpo como elemento musical nesse processo, associado com outras ações em caráter de estudos e aprofundamentos teóricos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1038320 - KARENINE DE OLIVEIRA PORPINO
Externo à Instituição - LUIS RICARDO SILVA QUEIROZ - UFPB
Interno - 1049922 - TEREZINHA PETRUCIA DA NOBREGA
Externo ao Programa - 1149577 - VALERIA LAZARO DE CARVALHO
Notícia cadastrada em: 31/01/2014 10:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao