Banca de DEFESA: DEBORA MARA PEREIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DEBORA MARA PEREIRA
DATA: 14/02/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Multimeios 01/Centro de Educação
TÍTULO:

ANÁLISE DOS EFEITOS DE UM PLANO EDUCACIONAL INDIVIDUALIZADO NO DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO E FUNCIONAL DE UM ALUNO COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO


PALAVRAS-CHAVES:

AUTISMO, PLANO INDIVIDUALIZADO DE EDUCAÇÃO, INCLUSÃO.


PÁGINAS: 170
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
RESUMO:

Diante do paradigma da Educação Inclusiva, a presença de alunos com transtorno do espectro do autismo no ensino regular tem se tornado mais expressiva nos últimos anos. Estudos têm revelado, no entanto, uma deficitária participação acadêmica desses educandos na sala de aula comum. Dentre os fatores que contribuem para esse fenômeno destacam-se a precária formação docente e a escassez de estratégias que promovam o acesso desses educandos ao currículo regular.O objetivo do presente estudo foi desenvolver um instrumento que favorecesse a inclusão acadêmica de um educando com autismo por meio de procedimentos que pudessem, simultaneamente, empoderar o professor. Nessa perspectiva, o estudo visou analisar os efeitos de um Plano Educacional Individualizado (PEI),elaborado de forma colaborativa com os professores, no desenvolvimento acadêmico e funcional de um aluno com autismo no contexto da educação infantil. Os dados foram coletados em uma escola particular, localizada na cidade de Natal no estado do Rio Grande do Norte, no decorrer do ano letivo de 2012. Além do educando com autismo, participaram do estudo uma professora titular, uma professora de apoio pedagógico, e quatro professores auxiliares. A pesquisa utilizou delineamento quase experimental intra-sujeito do tipo A-B (linha de base e tratamento), assim como procedimentos qualitativos de análise. O estudo foi realizado em três etapas: caracterização, linha de base e intervenção. A primeira compreendeu entrevistas com os pais e professoras do aluno, bem como a identificação de duas rotinas focos de intervenção. A segundacontemplou a análise do tempo de permanência do educando nas rotinas selecionadas na fase de linha de base. Na terceira o pesquisador elaborou, de forma colaborativa com os professores, um plano educacional individualizado (PEI) para o aluno. Por fim, o PEI foi implementado pelos professores.Os resultados indicaram mudanças qualitativas e quantitativas na participação do estudante nas tarefas acadêmicas e funcionais após o programa de intervenção.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1545096 - DEBORA REGINA DE PAULA NUNES
Interno - 1149574 - JEFFERSON FERNANDES ALVES
Externo à Instituição - LEILA REGINA DE PAULA NUNES - UERJ
Interno - 1756133 - RITA DE CASSIA BARBOSA PAIVA MAGALHAES
Notícia cadastrada em: 15/01/2014 09:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao