Banca de DEFESA: DIOGO BERNARDINO SANTOS DE MEDEIROS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : DIOGO BERNARDINO SANTOS DE MEDEIROS
DATA : 11/08/2019
HORA: 09:30
LOCAL: Sala 511 do DGE/CCHLA
TÍTULO:

Mapeamento e análise integrada das unidades de paisagem (geofácies) do Seridó Potiguar


PALAVRAS-CHAVES:

Mapeamento de Geofácies. Análise Integrada da Paisagem. Seridó Potiguar.


PÁGINAS: 202
RESUMO:

A cadeia dos acontecimentos naturais e antrópicos imprimiram uma paisagem díspar no seio do Semiárido Brasileiro: o Seridó Potiguar. A região se apresenta destacada de suas adjacências pelas particularidades físico-naturais e socioculturais que se manifestam tridimencionalmenteindissociadas em sua superfície. Para além disso, o que se nos parece uniforme/homogêneo, quando aguçadas as observações e a escala de abordagem, deslinda-se como um verdadeiro mosaico paisagístico complexo, cuja estrutura e dinâmica, de cada geofácie componente, traduz fielmente os detalhes desse chão e povo. Mapear essas unidades de paisagem (geofácies) e realizar uma análise integrada multiescalar (da zona climática às fácies fisionômicas) de suas dinâmicas socioambientais compreendem o fito deste trabalho. Antes, porém, para isso, implicou-se conhecer profundamente a epistemologia geográfica capaz de fornecer a óptica adequada para tal. A teoria geossistêmica, do geógrafo francês Georges Bertrand, serviu-nos, justamente, como esse prisma teórico-metodológico, que permitiu perceber/analisar sistemicamente a paisagem, sobretudo, a partir do geofácie (abstração), um setor fisionomicamente homogêneo na superfície, segundo seu sistema taxonômico. A isso, integrou-se as adaptações realizadas por Diniz, Oliveira e Bernardino quanto às categorias de análise “Dinâmica temporal e espacial da Paisagem”, com base em Bolós; “Tipologia Ecodinâmica da Paisagem”, a partir de Tricart; e “Cartografia das Paisagens”, seguindo orientações do próprio Bertrand e apoiando-se em experiências cartográficas brasileiras de Souza e Ab’Sáber. As técnicas e procedimentos empenhados nesta pesquisa são referentes, principalmente, à modelagem cartográfica em ambiente virtual de Sistemas de Informações Geográficas. Em suma, partindo-se das contribuições cartográficas de Diniz e Oliveira para táxons superiores no Rio Grande do Norte (domínio, região natural, geocomplexo), realizou-se a vetorização manual, por fotointerpretação/teledetecção, das quebras de paisagem, na escala de 1:50.000, em imagens orbitais Sentinel-2, com resolução espacial de 10 metros e composição colorida real R04G03B02. Isso se deu a partir da construção de fichas de interpretação indutiva, que permitiram, a partir da determinação de poucos casos (geofácies) e sua validação em campo (com auxílio de ficha de campo), atribuir uma generalização para compartimentos de mesma fisionomia. Os resultados obtidos permitiram elaborar um modelo cartográfico que apontou para a existência de 30 (trinta) diferentes geofácies no Seridó Potiguar, os quais tiveram sua dinâmica e elementos distintivamente paisagísticos sintetizados (análise sistêmica), em texto, com base na articulação de dados empíricos e de literatura temática. Por fim, os dados obtidos foram avaliados qualiquantitativamente, em termos de extensão espacial, absoluta e relativa, de modo que foi possível empreender complementos e maior robustez às hipóteses de fisionomia e fisiologia das paisagens seridoenses, estabelecendo um certo diagnóstico panorâmico de situação espacial, temporal e ecodinâmica dessas unidades. Destarte, reputa-se que a metodologia empregada permitiu avançar nos conhecimentos da paisagem seridoense, em relação a trabalhos anteriores.Conquanto, ademais, expecta-se que tais contribuições atinjam, minimamente, o fim de tornar, pelas vias virtuosas da ciência, a vida sertaneja gradualmente mais congruente com o seu meio, mormente, no sertão seridoense.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2966354 - DIOGENES FELIX DA SILVA COSTA
Externo à Instituição - EMANUEL LINDEMBERG SILVA ALBUQUERQUE - UFPI
Presidente - 2506087 - MARCO TULIO MENDONCA DINIZ
Externo ao Programa - 2289755 - SAULO ROBERTO DE OLIVEIRA VITAL
Notícia cadastrada em: 01/08/2019 14:14
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao