Banca de QUALIFICAÇÃO: ELZA EDIMARA SOARES DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ELZA EDIMARA SOARES DA SILVA
DATA : 26/03/2018
HORA: 18:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Geografia
TÍTULO:

VULNERABILIDADE SOCIOAMBIENTAL E VARIAÇÕES NO NÍVEL MÉDIO DO MAR: ESTUDO DE CASO NO MUNICÍPIO DE MACAU-RN


PALAVRAS-CHAVES:

Vulnerabilidade, Exposição, Indicadores


PÁGINAS: 67
RESUMO:

Nas últimas décadas as discussões sobre mudanças climáticas têm aumentado de forma significativa. Dentro desta temática, as oscilações no nível médio dos oceanos são bastante estudadas, tendo em vista o fato de as zonas costeiras possuírem altos índices de ocupação, tanto para fins de moradias quanto de serviços, dos mais variados tipos. Num cenário atual de mudanças climáticas, diversos problemas já estão sendo evidenciados a nível mundial, em razão das variações no clima global. O município de Macau – RN está localizado no Litoral Setentrional do estado do Rio Grande do Norte e configura-se como um dos maiores produtores de sal do país, sendo responsável por quase 90% da produção nacional. Apesar de sua economia dinâmica, a população do município sofre as consequências de eventos naturais como as variações de maré e inundações, causadas tanto pelas chuvas como pelas ressacas e marés de tempestade, por se encontrarem em situação de vulnerabilidade socioambiental, seja ocupando áreas de intensa dinâmica e fragilidade ambiental ou pelo fato de se encontrarem em moradias de situação precária, tanto por sua estrutura como localização. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa é espacializar a vulnerabilidade socioambiental de algumas áreas do município, tomando como base a exposição da população às variações no nível médio do mar e às inundações. Para tanto, será realizado o mapeamento da área em grande escala de detalhes, para que dessa forma seja possível a elaboração de cenários preditivos a médio e longo prazo, que servirão de subsídio para a análise do grau de exposição do município, além da produção de indicadores que possam responder de forma mais fidedigna à realidade do local, os questionamentos relacionados às categorias de suscetibilidade, capacidade de resposta e capacidade adaptativa, as quais serão de suma importância para a avaliação da vulnerabilidade do local.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1803535 - ADRIANO LIMA TROLEIS
Presidente - 1503011 - LUTIANE QUEIROZ DE ALMEIDA
Interno - 1242208 - RODRIGO DE FREITAS AMORIM
Notícia cadastrada em: 12/03/2018 09:30
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao