Banca de QUALIFICAÇÃO: PÉRICLES ALVES BATISTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PÉRICLES ALVES BATISTA
DATA : 07/12/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório "A" do CCHLA
TÍTULO:

A CONFIGURAÇÃO DE NOVAS ÁREAS DE CENTRALIDADES EM CAMPINA GRANDE E SUA DINÂMICA RECENTE NA PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO


PALAVRAS-CHAVES:

Espaço urbano; Expansão Urbana; Eixos Viários; Campina Grande-PB


PÁGINAS: 137
RESUMO:

O presente trabalho faz parte da pesquisa realizada nos principais eixos viários de acesso ao Centro Tradicional de Campina Grande-Paraíba, localizada no Nordeste brasileiro. Buscamos entender as modificações e reestruturações presentes na produção desse espaço urbano nos últimos dez anos. O objetivo central é estudar o processo de formação de novas áreas de centralidades, a partir da expansão comercial e dos serviços, na perspectiva da produção do espaço. Tal expansão faz parte de um processo de descentralização. Sendo assim, algumas questões a serem levantadas a partir da pesquisa, serão as seguintes: De que forma ocorreu o processo de expansão urbana na cidade de Campina Grande, após a instalação de novos estabelecimentos comerciais nos principais eixos viários? Como se deu o surgimento dessas novas áreas centrais na direção centro-periferia e qual sua relação com o centro? Quais foram as reformulações internas no setor terciário e quais os novos serviços prestados nessas vias? Esses corredores viários que outrora possuíam um perfil exclusivamente residencial, têm passado por reformulações intensas, configurando-se em diferentes áreas de interesse para instalação de shopping centers, supermercados, lojas de franquias e agências bancárias, por exemplo. Como hipótese, buscamos mostrar que esse processo ocorre a partir da descentralização das atividades comerciais e de serviços do Centro Tradicional, impulsionadas pela expansão da cidade em variadas direções, a partir do espraiamento dos eixos viários. Assim, nos baseamos na teoria do espaço, contida na obra “A Produção do Espaço", de Henri Lefebvre (2000), que analisa o espaço material produzido socialmente. Nossa proposta de tese tem a intenção de apresentar novas reflexões da teoria da produção do espaço, levando em consideração a dinâmica recente da cidade de Campina Grande. Assim, realizamos o Levantamento do Uso do Solo Urbano nos eixos viários que estão se constituindo em áreas de interesse comercial. A intenção foi obter um diagnóstico sobre a realidade dessas vias, na tentativa de compreender o processo de expansão urbana, a partir da reprodução capitalista do espaço. Com os resultados parciais apresentados na pesquisa de campo realizada entre Abril e Maio de 2017, identificamos as características funcionais nos pavimentos térreos e superiores das edificações das avenidas: Severino Bezerra Cabral, Floriano Peixoto, Manoel Tavares, Manoel Gonçalves Guimarães, Juscelino Kubitschek e Assis Chateaubriand, objetivando entender as novas áreas de centralidades, na medida em que o grande comércio se reproduz nesses espaços.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349714 - ADEMIR ARAUJO DA COSTA
Interno - 350836 - IONE RODRIGUES DINIZ MORAIS
Interno - 347943 - RITA DE CASSIA DA CONCEICAO GOMES
Notícia cadastrada em: 22/11/2017 08:51
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2020 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao