Banca de DEFESA: MYCHELLE KYTCHIA RODRIGUES NUNES DUARTE

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MYCHELLE KYTCHIA RODRIGUES NUNES DUARTE
DATA : 28/06/2024
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

TESTES DE NUTRIGENÉTICA: POSSÍVEIS APLICAÇÕES NA PREVENÇÃO E TRATA-
MENTO DA OBESIDADE


PALAVRAS-CHAVES:

Polimorfismos, Obesidade, Genômica Nutricional, Testes de Nutrigenética.


PÁGINAS: 85
RESUMO:

A obesidade é uma doença grave, complexa, e em sua maioria poligênica. Neste contexto,
vários tratamentos são elencados para atenuá-la e a genômica nutricional vem ganhando
destaque com possíveis ferramentas para auxiliar na prevenção e/ou tratamento da obesi-
dade com os testes de nutrigenética (TN). Dessa forma, esta tese divide-se em dois capí-
tulos, tendo como objetivo avaliar se os TN podem ser utilizados para prevenção e/ou tra-
tamento da obesidade. No primeiro capítulo, realizou-se uma revisão de literatura para
entender o panorama atual da obesidade e dos TN, perpassando sobre as temáticas da
nutrição de precisão, expossoma, testes genéticos comercializados diretamente ao consu-
midor. Foi analisado os benefícios e os aspectos negativos da utilização dos TN como
ferramenta para auxílio na prevenção ou tratamento do sobrepeso e obesidade. Algumas
entidades, como a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Meta-
bólica (ABESO) se posicionam de forma contrária ao uso dos TN para obesidade. Já a
Academia de Nutrição e Dietética recomenda a utilização, porém não de forma isolada,
mas dentro de um contexto de anamnese bem realizado. Assim, os TN não devem ser
utilizados isoladamente no tratamento da obesidade, mas sempre associado com uma boa
anamnese ao tratamento individualizado da obesidade ou a nível de saúde pública. No
segundo capítulo, foi realizado um estudo retrospectivo, avaliando a relação de 29 polimor-
fismos de genes candidatos relacionados com a obesidade. Assim, 112 indivíduos foram
divididos em dois grupos: 64 eutróficos (IMC< 25 Kg/m²) e 48 com sobrepeso e obesidade
(IMC≥ 25 g/m²). Foi verificado que a população estava em equilíbrio de Hardy–Weinberg e
uma análise logística multivariada foi realizada para verificar se os polimorfismos tinham
associação com o sobrepeso e obesidade. Nessa análise foi encontrado que dos 29 poli-
morfismos listados no TN comercializado no Brasil, apenas o ADIPOQ rs17300539,
PPARG rs1801282 estavam associados com o sobrepeso e obesidade; já o SOD rs4880
estava relacionado com proteção ao sobrepeso e obesidade. Assim, foi mostrado que são
necessários mais estudos para validar quais SNP estão relacionados com o sobrepeso e
obesidade na população Brasileira. Além disso, devem ser acrescentadas informações so-
bre estilo de vida, já que os fatores ambientais, escolhas alimentares podem alterar epige-
neticamente a expressão dos genes e modificar o fenótipo.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ANNETE BRESSAN RENTE FERREIRA MARUM
Interno - 2195251 - HUGO ALEXANDRE DE OLIVEIRA ROCHA
Presidente - 1149647 - LUCYMARA FASSARELLA AGNEZ LIMA
Externo à Instituição - TATIANE MIEKO DE MENESES FUJII - USP
Interna - 1674709 - VIVIANE SOUZA DO AMARAL
Notícia cadastrada em: 18/06/2024 16:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao