Banca de DEFESA: JOHN WESLLEY LIRA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOHN WESLLEY LIRA SANTOS
DATA : 21/06/2024
HORA: 14:00
LOCAL: videoconferencia - https://meet.google.com/dfx-vxdg-nwm
TÍTULO:

EFEITO DA MICROGRAVIDADE SIMULADA POR UM CLINOSTATO 2D EM Lemna aequinoctialis Welw.


PALAVRAS-CHAVES:

extrato aquoso, antioxidante, fenólicos, Bradford, poder redutor, atividade bioquímica.


PÁGINAS: 64
RESUMO:

A compreensão dos efeitos da microgravidade em plantas é ainda limitada, com respostas observadas variando entre diferentes espécies vegetais e condições utilizadas. Este estudo investigou os efeitos da microgravidade simulada em Lemna aequinoctialis, uma planta da subfamília Lemnoideae, importante para biorremediação e alimentação de animais. Utilizando um clinostato 2D para simular a microgravidade, as plantas foram expostas a diferentes rotações (15, 30, 45 rpm) por 2 e 4 horas, além de um controle (0 rpm). O desenvolvimento das plantas foi monitorado em 0, 5 e 10 dias após o tratamento. Análises bioquímicas foram realizadas para medir capacidade antioxidante total (CAT), poder redutor, compostos fenólicos, a quantidade de proteínas, e atividade da enzima catalase. Os resultados mostraram que a microgravidade simulada aumentou significativamente os marcadores antioxidantes e a quantidade de proteínas. As atividades antioxidantes CAT e o poder redutor aumentaram até três vezes, especialmente após 4 horas de tratamento. A rotação de 45 rpm por 2 horas resultou em aumentos de compostos fenólicos nos dias 5 e 10, enquanto a rotação de 30 rpm por 4 horas destacou-se no dia 0. A atividade da catalase foi maior com 30 rpm em ambas as durações no dia 10. A quantidade proteica aumentou até sete vezes com 45 rpm por 2 horas. Esses achados sugerem que a microgravidade simulada pode melhorar o perfil nutricional de L. aequinoctialis, potencializando suas aplicações biotecnológicas em produção sustentável de alimentos e biorremediação. Este estudo avança na compreensão dos mecanismos de resposta de L. aequinoctialis à microgravidade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1453487 - KATIA CASTANHO SCORTECCI
Interna - 1997012 - RAQUEL CORDEIRO THEODORO
Externo à Instituição - TERCILIO CALSA JUNIOR - UFPE
Notícia cadastrada em: 17/06/2024 09:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao